sexta-feira, julho 12, 2024

Relatório de Sustentabilidade da Melhoramentos revela avanço nas agendas de inovação, eficiência operacional e ESG

Compartilhar

O ano de 2023 representou para a Melhoramentos – empresa de capital aberto que atua nos setores editorial, de base florestal renovável e desenvolvimento imobiliário (Altea) – um período marcado pela inovação, que possibilitou à empresa dar continuidade ao crescimento sustentável e responsável, como acaba de demonstrar seu Relatório de Sustentabilidade 2023 (clique aqui). O destaque é o aumento da eficiência operacional. O EBITDA ajustado saltou de R$ 12,3 milhões em 2022 para R$ 48,8 milhões em 2023. Já a receita líquida ajustada no ano totalizou R$ 208,4 milhões. O lucro líquido cresceu de R$ 1,5 milhão em 2022 para R$ 7,9 milhões em 2023.

Pelo 4º ano consecutivo, o Relatório de Sustentabilidade da Melhoramentos foi desenvolvido nas diretrizes da Global Reporting Initiative (GRI), e indicadores SASB (Sustainability Accounting Standards Board). A metodologia utilizada foi baseada, majoritariamente, na norma GRI, também levando em conta critérios da Accountability AA 1000 e dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU).

Nessa edição, a empresa também apresenta os avanços em sua estratégia, que visa capturar o máximo potencial dos negócios atuais e diversificá-los por meio de novos produtos e serviços, com a criação da diretoria de Novos Negócios e Inovação. As iniciativas realizadas em 2023 viabilizaram a criação de Altea, unidade de negócios voltada ao desenvolvimento imobiliário sustentável, com potencial diversificado para projetos logísticos, industriais, turísticos, residenciais e ambientais localizados em São Paulo (Caieiras e Bragança Paulista) e no Sul de Minas Gerais (Camanducaia e Monte Verde).

Na Editora Melhoramentos, a inovação se fez presente com ampliação do portfólio editorial e o lançamento de dois projetos literários digitais lançados ao mercado no início de 2024: ImaginaMundo e Literama. As iniciativas reforçam o compromisso da empresa em gerar bom conteúdo, contar boas histórias e promover o hábito da leitura com o uso de diferentes ferramentas.

“O ano de 2023 para a Melhoramentos foi marcado pela inovação em todos os nossos negócios, o que nos permitirá crescer cada vez mais de forma sustentável e responsável. O ano nos trouxe a confirmação de que o caminho escolhido em 2020, quando definimos nosso processo de reorientação estratégica, foi assertivo. Mesmo com um cenário adverso, a eficiência operacional e a maior adaptabilidade adquiridas nos últimos anos possibilitaram a continuidade do crescimento, sempre com o compromisso de ‘Fazer crescer para melhorar o amanhã’”, destaca o CEO da Melhoramentos, Rafael Gibini.

Produção sustentável

A fibra de celulose de alto rendimento produzida pela Melhoramentos é um produto totalmente renovável, feito com baixa emissão de carbono. No processo de produção, a água é o principal elemento da etapa de extração da fibra, que se dá de forma mecânica, utilizando apenas madeira (90%) e água em temperatura elevada. A empresa investe constantemente em novas tecnologias e soluções que possibilitem melhorar a eficiência energética em todos os processos.

Em 2023, a Melhoramentos firmou parceria com o Grupo IBS Energy para garantir o fornecimento certificado de energia verde para a fábrica de Camanducaia (MG). O acordo garante o fornecimento de energia limpa certificada e a construção de uma subestação de energia elétrica e uma linha de transmissão de alta tensão de 138KV na região.

O fornecimento de energia renovável contribuirá para reduzir as emissões de Escopo 2. A empresa realiza inventário anual de emissões de gases de efeito estufa (GEE) desde 2014 e auditoria de verificação externa baseada nas diretrizes do GHG Protocol desde 2021.

Com um estoque de carbono florestal de 2.982.508 tCO2e, a empresa está comprometida em avançar em iniciativas de redução das emissões. Em 2023, iniciou a contabilização das emissões de Escopo 3, abrangendo cinco categorias e, em 2024, terá início uma ação para garantir o abastecimento com etanol de todos os veículos flex da frota da empresa, correspondente a cerca de 67% dos veículos.

“Há 133 anos dedicamos esforços para aprimorar e desenvolver nossos negócios de forma equilibrada e sustentável. Em 2023, revisamos temas materiais com o objetivo de conhecer de forma mais aprofundada os impactos de nossa operação nas localidades nas quais atuamos, e identificar oportunidades para promover uma cultura de regeneração, capaz de impactar positivamente a sociedade e o meio ambiente”, afirma a diretora Jurídica, de Pessoas e Sustentabilidade da Melhoramentos, Karin Neves.

Reflorestamento e conservação de florestas

A Melhoramentos investe cerca de R$ 8 milhões anualmente no manejo de pinus, eucalipto e na manutenção da flora e da fauna nativas em mais de 7 mil hectares. A empresa atesta o seu compromisso com a conservação dos recursos naturais, a preservação ambiental e o respeito às comunidades localizadas no entorno de suas unidades. Todas elas fazem parte do escopo de certificação FSC® – FSC-C102403 e apresentam fragmentos designados à preservação ambiental, favorecendo a conservação e a manutenção da biodiversidade local, como:

RPPN Parque Levantina  

O compromisso ambiental foi reforçado com a aprovação para transformar parte de propriedade da empresa na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Parque Levantina. Localizada em Camanducaia e no distrito de Monte Verde (MG), a RPPN está entre as cinco maiores do estado e assegura a preservação de 23 milhões de m2 de Mata Atlântica, protegendo a fauna, a flora e toda a sua biodiversidade.

Atributos de Alto Valor de Conservação (AAVC)

Áreas com valores considerados excepcionais ou críticos para a conservação da diversidade de espécies, manutenção de ecossistemas ameaçados, promoção de serviços ambientais, necessidades e valores das comunidades, com base em premissas da FSC (Forest Stewardship Council). Do total das áreas nativas da Melhoramentos, 3.740 hectares são classificados como Florestas de Alto Valor de Conservação – FAVCs.

Preservação de nascentes

A Melhoramentos possui em sua área 819 nascentes catalogadas, monitoradas e preservadas. A empresa realiza verificações de campo frequentes e, sempre que novas nascentes e olhos d’água são identificados, o cadastro é atualizado e suas áreas de preservação inseridas na base de dados.

Fauna e Flora

Biodiversidade

Há 14 anos, a Melhoramentos Florestal desenvolve monitoramentos específicos para a biodiversidade, para caracterização da fauna e da flora e das espécies encontradas nas regiões onde estão inseridas suas fazendas, além de possibilitar uma análise das condições para a conservação e recuperação.

Em 2023, a empresa registrou um aumento na riqueza de pequenos mamíferos e herptofauna (répteis e anfíbios) nos monitoramentos realizados na Fazenda Levantina. Também houve novos registros do Muriqui-do-sul (Brachyteles arachnoides), maior primata das Américas e endêmico da Mata Atlântica. Estima-se que hoje a população existente seja de cerca de 1.300 indivíduos apenas, com menos de 500 adultos aptos à reprodução. Essa espécie está classificada como “Em Perigo (EN)” na lista brasileira de fauna ameaçada de extinção e, na lista global da IUCN (International Union for Conservation of Nature), está classificada como “Criticamente Ameaçada (CR)”.

Comunidades  

Para impactar positivamente as comunidades onde atua, seja promovendo a cidadania, seja investindo no desenvolvimento social e na qualidade de vida da população nas proximidades de Monte Verde, na região de Camanducaia (MG), e em Caieiras (SP), a Melhoramentos realiza vários projetos, gerando renda e colaborando com a preservação do meio ambiente local. Por isso, desenvolve estudos com as comunidades do entorno das unidades de manejo florestal, para entender sua realidade e identificar os impactos econômico, cultural, ecológico de saúde e bem-estar, o que dá origem a projetos realizados pela empresa em parceria com a comunidade, como:

Escola Rural Particular Alice Weiszflog em Camanducaia (MG)

Fundada em 1948 pela Melhoramentos, atende gratuitamente alunos da região. Anualmente, a Melhoramentos investe cerca de R$ 1 milhão na escola, que em 2023 completou 75 anos, com a formação de mais de 10 mil alunos, sendo referência em educação de qualidade na região.

Biblioteca Comunitária Alfried Theodor Weiszflog  

Inaugurada na Fazenda Levantina, Camanducaia (MG), em dezembro de 2022, seu objetivo é incentivar a leitura, ampliar o acesso à cultura por meio do acervo com mais de cinco mil livros e servir de apoio à Escola Rural Particular Alice Weiszflog. Além do espaço para leitura, também realiza o empréstimo de livros. Em 2023, foram feitos 1.644 empréstimos.

Eco Melhor

Criado em 2010 para incentivar e aprimorar o conhecimento de professores, crianças e adolescentes em relação aos temas ambientais, é realizado todos os anos em escolas municipais e estaduais próximas à empresa. No primeiro semestre de 2023, como parte da campanha de conscientização e prevenção aos incêndios florestais, o projeto promoveu uma oficina educativa gratuita para professores da rede escolar de Camanducaia/MG, Caieiras/SP e Bragança Paulista/SP com o tema “Mudanças Climáticas e Queimadas: conhecer para combater” e impactou 193 professores.

Projeto Melhor Mel

A Melhoramentos atua em parceria, desde 2011, com apicultores da região que instalam seus apiários em áreas da empresa. Além do significado ambiental e social, o projeto estimula o empreendedorismo. Em 2023, foram produzidas duas toneladas de mel em quatro apiários, totalizando 67 colmeias.

Projeto Cata do Pinhão

De maio a julho, período de queda e coleta do pinhão, típico da região de Camanducaia (MG), onde há uma grande quantidade de araucárias, a Melhoramentos convida a comunidade a participar da Cata do Pinhão nas reservas da Companhia. Os pinhões são consumidos ou comercializados pelos próprios catadores nas cidades do entorno. Além de contribuir com a economia local, esse tipo de manejo permite conservar as araucárias e a floresta como um todo. Os interessados na atividade fazem um cadastro e, em seguida, recebem equipamentos de proteção individual e orientações, visando a sua segurança e a preservação ambiental. Em 2023, estima-se que foram coletadas cerca de 17 toneladas de pinhão, o que representa uma renda extra de até R$ 6 mil para as famílias participantes da iniciativa.

Orquestra Filarmônica de Caieiras

Fundada por iniciativa de funcionários da Companhia Melhoramentos de Caieiras (SP) em 1920, inicialmente como uma banda que participava somente de eventos municipais, começou a receber convites de outras cidades, estados e até países, como Chile, França e Alemanha. A orquestra tem se dedicado à democratização do acesso à música de concerto, por meio do diálogo entre os universos erudito e popular. Hoje, a orquestra é formada por um grupo de músicos profissionais independentes, que realiza um relevante trabalho social, promovendo concertos gratuitos para a população.

Valorização de colaboradores

Com o compromisso de contribuir com o bem-estar, a qualidade de vida e o desenvolvimento de seus colaboradores a Melhoramentos realizou iniciativas como:

Censo de diversidade: a iniciativa contou com a participação de 92% dos colaboradores, permitindo mapear seus perfis e fornecer informações para que empresa posso atuar de forma ainda mais engajada no tema e desenvolver planos de trabalho. O resultado mostrou que 90% dos colaboradores participantes consideram a Melhoramentos um ambiente respeitoso e acolhedor e 92% se sentem seguros e respeitados dentro da empresa.

Selo GPTW: como reconhecimento do trabalho iniciado em 2021, focado em pessoas, a partir de uma gestão humanizada em todos os níveis hierárquicos, a Melhoramentos recebeu em 2023 o selo Great Place to Work Brasil (GPTW), como “Excelente Lugar para Trabalhar”, pela holding e pela unidade de negócios Florestal.

Movimento ‘Elas lideram’: do Pacto Global da ONU, do qual a Melhoramentos anunciou adesão, comprometendo-se a manter 30% de mulheres em posição de alta liderança até 2025. As mulheres ocupam 36% dos cargos de liderança e 50% da diretoria.

Certificado Women on Board (WOB): iniciativa independente que conta com o apoio da ONU Mulheres para reconhecer empresas que tenham pelo menos duas mulheres em seus conselhos de administração.

Leia Mais

Outras Notícias