sábado, julho 13, 2024

Gartner alerta que as iniciativas de TI sustentável mais rentáveis são subutilizadas

Compartilhar

Algumas das iniciativas de TI sustentáveis mais rentáveis da atualidade têm uma taxa de adoção inferior a 30% pelas organizações, de acordo com uma nova pesquisa do Gartner Inc., líder mundial em pesquisa e aconselhamento para empresas.

“O progresso da TI sustentável está ocorrendo a um ritmo sólido”, diz Kristin Moyer, Vice-Presidente e Analista da Gartner. “A pesquisa descobriu que os líderes concluíram, em média, nove iniciativas de TI sustentáveis nas categorias de centros de Data Centres e Cloud, Digital Workplace, dados e software. No entanto, os padrões de adoção de TI sustentável mostram que os executivos nem sempre estão implementando as iniciativas mais rentáveis.”

A pesquisa foi conduzida no quarto trimestre de 2023 para avaliar as ações e o impacto da TI na redução das emissões de gases de efeito estufa dentro das empresas e do setor de tecnologia como um todo. No total, 200 líderes da América do Norte, Europa e Ásia-Pacífico participaram do levantamento.

Avaliar oportunidades subutilizadas, mas eficazes em custo: 

A pesquisa mostra que 64% dos líderes acreditam que não recebem dos fornecedores os dados de desempenho de emissões de que precisam. “Devido a essas limitações, alguns executivos lutam para priorizar iniciativas de TI sustentável ou saber por onde começar”, diz Moyer. “Eles também negligenciam considerar iniciativas de TI sustentável que têm baixo custo e alcançam redução moderada de gases de efeito estufa.”

Embora as duas principais áreas nas quais os líderes realizaram mais iniciativas de TI sustentável sejam em Data Centers (86% dos respondentes) e no Digital Workplace – local de trabalho digital (79% dos respondentes), há iniciativas que são mais rentáveis e têm baixa adoção em ambas as categorias. Em Data Centers, elas incluem o dimensionamento correto da fonte de alimentação ininterrupta (UPS) e a melhoria do resfriamento.

“Os líderes devem dimensionar corretamente seus sistemas de energia (UPS) com base nas necessidades atuais e futuras capacidades, o que ajudará no aumento da eficiência e na economia de custos”, explica a analista do Gartner. “Sistemas de refrigeração aprimorados, como resfriamento por imersão, resfriamento passivo e resfriamento direto no chip, também são subutilizados e podem reduzir significativamente o consumo de água e mitigar as emissões de gases de efeito estufa”.

No local de trabalho, os líderes estão subutilizando a circularidade na TI. Apenas 22% dos entrevistados estão optando por comprar ativos recondicionados para melhorar a circularidade, reduzir o desperdício e as emissões de gases de efeito estufa. 

Além disso, muitas empresas ainda estão atualizando dispositivos com base em uma vida útil estimada de três a cinco anos, em vez de usar análises para determinar o momento ideal para substituir laptops, PCs e servidores. Os executivos devem usar as análises de desempenho e os insights de telemetria para substituir máquinas e aparelhos conforme a necessidade. O Gartner estima que, até 2027, a oferta de PC como serviço crescerá para 50%, representando um aumento de 20% em 2023.

Leia Mais

Outras Notícias