sexta-feira, julho 12, 2024

Elea Digital Data Centers anuncia expansão estratégica de 120MW

Compartilhar

A Elea Digital Data Centers, empresa de infraestrutura digital e serviços de colocation nos mercados Tier 1 e Tier 2 no Brasil, anuncia um plano de expansão de 120MW, no valor de cerca de R$ 5 bilhões. O montante contempla a aquisição de dois data centers situados na Grande São Paulo, nas regiões de São Bernardo do Campo (SPO2) e Barueri (SPO3), e permitirá à Elea acrescentar mais de 100MW de capacidade de energia ao seu portfólio. A aquisição está em processo de aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

De acordo com Alessandro Lombardi, Chairman da Elea, a empresa está adicionando uma capacidade considerável à sua operação em São Paulo, estado que atualmente representa 80% da demanda de carga de TI do país. “Um dos data centers que estamos adquirindo está no coração do antigo polo automobilístico brasileiro, em São Bernardo do Campo, onde gigawatts de energia já estão disponíveis. É uma honra liderar esta frente e iniciar um novo hub de data centers da Elea na região metropolitana de São Paulo”, comemora.

As instalações estão estrategicamente localizadas em áreas para recepção de conexão de cabos submarinos, proposta que se alinha ao foco da Elea em oferecer soluções de infraestrutura de TI de alto desempenho. O SPO3, em Barueri, está instalado no hub de data centers mais conectado do continente, adjacente às infraestruturas de TI da Equinix, Campus Tamboré da Scala, além de sites da ODATA e Telefônica. Já o SPO2, em São Bernardo do Campo, está situado a 30 quilômetros do SPO1, data center da Elea estabelecido na capital paulista.

O Brasil tem se destacado pelo crescimento acelerado no mercado de data centers, impulsionado pela demanda exponencial de operadoras líderes em cloud, Inteligência Artificial (IA) e grandes provedores de nuvem e conteúdo, os chamados hyperscalers. Em resposta a esse avanço, a Elea está expandindo estrategicamente o seu portfólio por meio de uma abordagem híbrida, utilizando tanto infraestrutura existente quanto novas construções sustentáveis de última geração.

Após a aprovação do CADE, a Elea ampliará a sua presença e somará nove data centers em seu portfólio – distribuídos em cinco localidades diferentes, reforçando o seu posicionamento de provedor de colocation com a maior infraestrutura distribuída do país. Assim como os demais empreendimentos da empresa, SPO2 e SPO3 irão operar com energia 100% renovável e uma infraestrutura digital robusta para atender às crescentes necessidades de nuvem, IA e clientes corporativos em escala global.

Leia Mais

Outras Notícias