sábado, julho 13, 2024

Com programa de fomento à diversidade, Algar Tech MSP amplia contratação e retenção de pessoas com deficiência

Compartilhar

A Algar Tech MSP, multinacional brasileira que oferece serviços de gestão do ambiente de TI, aumentou em 128% o número de Pessoas com Deficiência (PcDs) nos últimos cinco anos. O índice foi alcançado por meio do Programa Alquimia, que busca fomentar a diversidade e inclusão no ambiente de trabalho da companhia. Para isso, a empresa abre em média cinco vagas por mês para PcDs e investe em treinamentos, adequações e acompanhamento para a retenção dessas pessoas.
 

O Programa Alquimia nasceu em 2019 com o objetivo de integrar e capacitar PcDs como profissionais especializados em Tecnologia da Informação (TI), já que havia um déficit na área. Com a iniciativa, a empresa passou de 29% das vagas dedicadas a PcDs preenchidas em 2018 para 80% em 2024. A expectativa é de que, até 2025, a empresa aumente em 20% esse número.
 

“Cada passo do Programa Alquimia é projetado não apenas para integrar, mas para capacitar nossos associados PcDs. Assim, eles podem desenvolver uma carreira sólida e satisfatória na área de TI”, destaca Cinthia Guimarães Makuch, gerente de Gente da Algar Tech MSP. “E este projeto existe e traz bons resultados muito por conta do envolvimento de toda a companhia, principalmente pela atuação muito próxima e entusiasmo do nosso CEO Carlos Maurício, que abraçou a iniciativa desde o início”, completa.
 

O projeto atua em duas frentes: treinamentos práticos e teóricos, com planejamento de carreira, acompanhamento trimestral do desenvolvimento do associado e capacitações voltadas para a área de atuação. Na parte prática, um treinador acompanha individualmente cada associado para apoiar no dia a dia do trabalho. Com esse apoio, e a partir dos feedbacks com as respectivas gestões, os profissionais avaliam a própria régua de aprendizagem para identificar as oportunidades de melhora. Já no segmento teórico, os associados recebem treinamentos frequentes sobre as ferramentas utilizadas internamente, têm processos mapeados e recebem acesso a cursos disponibilizados pela plataforma interna da companhia.
 

A Algar Tech MSP investiu, ainda, em adequações físicas para garantir a acessibilidade dos associados. Cadeiras e banheiros adaptados, teclados para baixa visão e estações de trabalho adequadas são algumas das melhorias implementadas. Além disso, o programa trabalha para posicionar os PcDs de acordo com as capacidades.
 

As vagas podem ser encontradas clicando aqui.

Leia Mais

Outras Notícias