sábado, julho 13, 2024

Inclusão: Lenovo desenvolve tecnologia de reconhecimento de sinais com uso da IA

Compartilhar

O primeiro tradutor simultâneo de Língua Brasileira de Sinais (Libras) utiliza inteligência artificial para reconhecer a linguagem de sinais através de dispositivos com câmera e transformá-la em texto e áudio, em tempo real.

O sistema foi desenvolvido pela Lenovo em parceria com o Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (Cesar), um núcleo de pesquisa e inovação sem fins lucrativos.

A inteligência artificial é a responsável por capturar os movimentos das mãos e dedos e transformá-los em mensagens de texto e áudio em português. Tudo é feito em tempo real.

A empresa investiu US$ 4 milhões no projeto e já patenteou a tecnologia no país. Por enquanto, o tradutor só poderá ser encontrado nos canais de atendimento ao cliente da Lenovo.

Claudio Stopatto, country manager da Lenovo Brasil, explicou que já estão conversando com vários parceiros, tendo em vista o potencial de inclusão que a tecnologia oferece, para o setor de atendimento. A Lenovo participou da  FebrabanTech, que terminou nesta quinta feira, 27, em São Paulo, para divulgar a solução para as instituições financeiras.  

Leia Mais

Outras Notícias