sábado, julho 13, 2024

Entenda a importância da governança corporativa dentro das práticas de ESG

Compartilhar

Nos últimos anos, a discussão em torno da responsabilidade social das empresas ganhou cada vez mais espaço, com a crescente adoção de práticas que visam garantir uma gestão mais sustentável e ética. Nesse sentido, a governança corporativa surge como uma ferramenta fundamental para garantir a transparência e a responsabilidade das empresas em suas atividades.

A governança corporativa pode ser entendida como um conjunto de práticas que visam estabelecer os processos de tomada de decisão, controle e monitoramento das atividades empresariais, de forma a garantir a eficiência e a transparência na gestão dos negócios. Essas práticas são essenciais para assegurar a sustentabilidade financeira da empresa a longo prazo, bem como para proteger os interesses dos stakeholders.

No contexto das práticas de ESG, a governança corporativa ganha ainda mais importância, uma vez que é responsável por estabelecer os mecanismos de controle e monitoramento dos negócios. A adoção de práticas de ESG tem sido cada vez mais importante para as empresas, uma vez que demonstra o compromisso da corporação com práticas sustentáveis e responsáveis, o que é cada vez mais valorizado pelos investidores e consumidores.

A dimensão de governança do ESG envolve questões como transparência, ética e responsabilidade, e está diretamente ligada à adoção de práticas de governança corporativa. Uma empresa com boas práticas de governança corporativa é capaz de gerenciar os riscos associados aos negócios de forma mais eficiente, garantindo a sustentabilidade financeira da empresa a longo prazo.

Além disso, outros benefícios podem ser considerados como a melhoria da imagem da empresa perante o mercado e a sociedade em geral, a atração de investidores e a redução de riscos jurídicos e financeiros e retenção de talentos, uma vez que proporciona um ambiente de trabalho mais justo e transparente.

Para implementar práticas efetivas de governança corporativa, é importante que as empresas estabeleçam políticas e mecanismos de controle e monitoramento, avaliem constantemente os resultados e busquem sempre o aprimoramento das práticas. É fundamental que as empresas se comprometam com a adoção de práticas de governança corporativa efetivas, visando à criação de valor a longo prazo e ao fortalecimento da sua reputação junto aos stakeholders.

Bruno Siqueira, economista, membro e Conselheiro de Administração Certificado pelo IBGC (Instituto Brasileiro de Governança Corporativa). Sócio da C&S Projetos e Mercado desde 2002, hoje responde pelas operações da empresa.

Leia Mais

Outras Notícias