sexta-feira, julho 12, 2024

Inteligência Artificial impulsiona a comercialização de energia elétrica

Compartilhar

As comercializadoras de energia têm um impacto significativo na otimização dos custos de energia para os consumidores. Por meio de estratégias de negociação e análise de mercado, elas buscam as melhores oportunidades de compra e venda de energia, resultando em preços mais competitivos. Além disso, essas empresas desempenham um papel fundamental na promoção de um mercado de energia mais sustentável, incentivando a utilização de fontes renováveis e a redução do impacto ambiental.

Nesse contexto, a Eletrons.org se destaca como uma comercializadora de energia inovadora, impulsionando a eficiência e a sustentabilidade do mercado com sua tecnologia exclusiva de inteligência artificial, a AI Optimized Sourcing. Essa inovação revoluciona a forma como a comercialização de energia é realizada, superando os desafios tradicionais enfrentados pelo setor.

A dinâmica da tecnologia da AI Optimized Sourcing utiliza algoritmos avançados de inteligência artificial para analisar dados em tempo real, identificar padrões de consumo e prever demandas futuras. Com base nessas informações precisas, a empresa consegue otimizar a gestão de energia, ajustando a compra e venda de energia de acordo com as necessidades do mercado, além de promover uma economia de até 50% nos valores de energia, marcando um grande passo em direção a um futuro energético mais limpo e acessível. Isso resulta em uma redução significativa de custos para os consumidores, ao mesmo tempo em que promove a eficiência energética e a utilização de fontes renováveis.

De acordo com o Pedro Roberto, diretor de imagem corporativa da companhia, é esta capacidade de oferecer uma combinação poderosa de eficiência e economia, que reforça os diferenciais da Eletrons.org e seu sistema AI Optimized Sourcing dentro de um mercado altamente competitivo.

“A distinção da tecnologia que adotamos reside na capacidade de integração holística de dados e análises, combinada com algoritmos avançados de inteligência artificial. Essa solução não apenas prevê padrões de consumo de energia com precisão, mas também leva em consideração uma variedade de fatores, como condições meteorológicas, preços de mercado em tempo real e demanda futura”, comenta o diretor ao afirmar que o sistema é personalizável e adaptável às necessidades específicas de cada cliente, permitindo uma gestão individualizada e eficiente da energia.

Para que o consumidor final possa alcançar uma contenção de até 50%, como estratégia, a empresa adota uma análise detalhada do perfil de consumo de energia de cada cliente, para identificar oportunidades específicas de economia. Além disso, a Eletrons.org adota uma abordagem na negociação de contratos de energia, levando em conta preços competitivos e condições favoráveis, garantindo reduções significativas a longo prazo, mesmo diante de mudanças nas condições do mercado e nos padrões de consumo.

Outro ponto característico da companhia é que ela também se dedica a educar e engajar seus clientes, ao fornecer insights e informações sobre práticas de consumo de energia eficientes. “No geral, a abordagem que realizamos combina análise detalhada, tecnologia avançada, negociação estratégica, gestão proativa e engajamento do cliente para cumprir a promessa de redução nos valores de energia.

Em relação às perspectivas e o potencial futuro da utilização de IA pelas comercializadoras de energia no Brasil , a Eletrons.org enxerga a IA como uma ferramenta essencial para impulsionar a inovação e transformar o setor de energia de maneira significativa.

A utilização contínua de IA permitirá às comercializadoras de energia no país oferecer soluções cada vez mais personalizadas e eficientes aos clientes. Isso inclui não apenas a otimização do consumo e dos custos de energia, mas também a maximização da resiliência e da sustentabilidade operacional. “Acreditamos que a IA abrirá novas oportunidades de negócios e parcerias estratégicas, permitindo uma colaboração mais estreita entre os diversos agentes do setor de energia. Isso inclui geradores, distribuidores, consumidores e outras partes interessadas, que poderão se beneficiar das soluções avançadas de gestão de energia impulsionadas pela IA”, antevê Pedro Roberto.

No futuro, a IA desempenhará um papel ainda mais central na tomada de decisões e na execução de operações no setor de energia. Ela será fundamental para lidar com os desafios emergentes, como a integração de fontes de energia renovável, a gestão da demanda e a adaptação às mudanças nas condições do mercado. 

Leia Mais

Outras Notícias