sexta-feira, julho 12, 2024

Em parceria com Plastic Bank, voluntários Lord retiram plásticos da praia em mutirão de limpeza

Compartilhar

A Lord, empresa especializada na produção de filmes e embalagens plásticas flexíveis, reuniu nesta semana cerca de 50 voluntários da empresa para realizar um mutirão de limpeza na praia de Bertioga (SP), seguido por uma vivência na cooperativa Transfor.Mar. Os integrantes do projeto Eco, programa da Lord que atua em prol da circularidade do plástico, recolheram diversos tipos de resíduos na praia para destiná-los à reciclagem, celebrando também o Mês do Meio Ambiente.

Na cooperativa, que integra o ecossistema da Plastic Bank, voluntários tiveram a oportunidade de separar os resíduos e aprender mais sobre reciclagem e reciclabilidade.  Além da atividade, a parceria entre as empresas prevê a retirada total de 60 toneladas de plástico em áreas costeiras do Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo, o que equivale a mais de 3 milhões de toneladas de garrafas plásticas, impedindo assim a poluição do meio ambiente e, ao mesmo tempo, incentivando a comunidades de coleta no país.

“Estamos muito felizes e satisfeitos com os trabalhos realizados em conjunto com a Plastic Bank, pois como empresa de embalagens plásticas flexíveis é de nossa extrema responsabilidade contribuirmos para a circularidade dos materiais, e consequentemente, para um meio ambiente mais limpo e sustentável”, afirma Patrícia Azevedo, supervisora de ESG da empresa. “Em pouco mais de 3 meses de parceria, já foram retiradas cerca de 15 toneladas de lixo plástico dessas regiões, impedindo que poluam o meio-ambiente e o oceano”.

Todo o volume de plástico coletado é encaminhado para reciclagem, processado e transformado em “Plástico Social”, que, após o beneficiamento, pode ser reintegrado em novos produtos e embalagens, como parte de uma cadeia circular de suprimentos, através do ecossistema da Plastic Bank.

“A parceria da Plastic Bank com a Lord apresenta números expressivos de plástico coletado e, mais do que isso, já ajudou a impactar positivamente a vida de muitas pessoas. Nosso trabalho não é só o combate à poluição no planeta, mas também a melhoria do cotidiano de diversas comunidades por meio desse processo. O plástico passa a ser um elemento fundamental para gerar renda para muita gente”, destaca Ricardo Araújo, Gerente Comercial da Plastic Bank no Brasil.

A cooperativa TransforMar faz a gestão de todos os resíduos da cidade de Bertioga. Nela, os participantes puderam ver na prática todas as etapas do processo de reciclagem, desde a chegada e separação do material até o destino final.

“Esta parte da visita foi muito importante para entender todos os desafios que estão intrínsecos nessa realidade. A experiência de estar ´do outro lado´ da cadeia, coletando os resíduos nos ensinou pelo exemplo, o valor da catação, do cooperativismo e da responsabilidade ambiental que todos nós temos para com o nosso planeta”, complementa Patrícia.

Fundada no Canadá, em 2013, a Plastic Bank existe para criar um mundo sem desperdícios, mobilizando comunidades, empresas e indivíduos para recolher materiais descartados do meio ambiente e usá-los para aliviar a pobreza.  Nas comunidades de coleta, o plástico funciona como moeda, sendo trocado por renda e benefícios sociais. Essas trocas são registradas por meio de uma plataforma proprietária segura por blockchain, garantindo uma coleta rastreável, renda garantida e relatórios verificados. Os membros cadastrados no ecossistema recebem um bônus pelo material entregue nos pontos de coleta, aumentando as suas rendas em pelo menos 40%.

Além do Brasil, a Plastic Bank recolhe o plástico do meio-ambiente em países como Filipinas, Indonésia,  Tailândia e Egito. Coletivamente, os membros de coleta da empresa social recuperaram mais de 120 milhões de quilos de plástico para reciclagem – quantia superior a 6 bilhões de garrafas plásticas. Notavelmente, o Brasil contribuiu com mais de 275 milhões de garrafas para esse marco.

Para a Lord, a sustentabilidade desempenha um papel fundamental como estratégia de  negócio. Dessa forma, destacam-se diversas iniciativas, incluindo a linha de filmes sustentáveis, Ecofilm, que abrange uma gama de soluções e tecnologias, como o uso de resinas PCR (pós-consumo recicladas), resinas provenientes de fontes renováveis, filmes monomaterial e biodegradáveis. Além disso, o programa socioambiental Projeto Eco tem como objetivo promover a valorização do plástico e a economia circular em toda a cadeia do material, tanto nas fábricas quanto nas escolas de ensino público.

Leia Mais

Outras Notícias