sábado, julho 13, 2024

Universidade Católica do Salvador anuncia migração para energia renovável

Compartilhar

Em maio passado, Universidade Católica do Salvador (UCSal) entrou para o mercado livre de energia elétrica. Neste ano, para adotar uma atitude sustentável e economicamente viável, a instituição firmou parceria com a plataforma de negócios 2W, e vai passar a utilizar, em todo campus, energia proveniente de fontes renováveis.

A decisão foi possível a partir da regulação do Ministério de Minas e Energia (MME), que flexibilizou os critérios de acesso ao mercado instituídos pela Portaria nº 50. O mercado livre de energia permite que consumidores escolham seu fornecedor de energia elétrica, negociem preços e condições contratuais, além de terem maior controle sobre o consumo e o custo.

O contrato, firmado para os próximos sete anos, possibilita que a UCSal evite a emissão de 270t de CO2 na atmosfera, e economize aproximadamente R$ 2,7 milhões, utilizando energia limpa e renovável derivada, principalmente, do parque eólico Anemus Wind da 2W, localizado no Rio Grande do Norte.

O reitor da Universidade, o Prof. Deivid Lorenzo, ressalta que “estamos migrando a instituição para uma economia mais limpa, alinhada às práticas sustentáveis que devemos adotar para auxiliar na redução da emissão atmosférica de carbono e a consequente preservação do meio ambiente. Também é de suma importância a Universidade se modernizar nesse aspecto e adaptar-se às exigências do mercado, com soluções cada vez mais inovadoras e sustentáveis para o desenvolvimento de nossas atividades. Ao migrar para o mercado livre de energia, além dos benefícios ambientais, reduzimos custos operacionais, melhoramos a qualidade de vida da comunidade acadêmica e a valorizamos a marca UCSal no mercado”.

Leia Mais

Outras Notícias