sábado, julho 13, 2024

Brado lança Relatório de Sustentabilidade 2023

Compartilhar

A Brado, referência nacional em logística multimodal, lançou nesta segunda-feira, 17, seu segundo Relatório de Sustentabilidade, referente a 2023. O documento reúne os principais destaques do último ano e contém informações atualizadas sobre os indicadores da companhia, tais como o desempenho operacional e financeiro, modelo de negócio, relacionamento com clientes, ações de gestão de pessoas e informações sobre estratégia e governança.

O material tem como objetivo apresentar os principais destaques de 2023, como:

– Redução de 13,7% nas emissões de CO2 por contêiner movimentado em relação a 2022.

– 288 mil toneladas de emissões de CO2 evitadas na atmosfera, quantidade que seria emitida com o transporte exclusivamente rodoviário.

– Alcance de 100% de energia elétrica consumida proveniente de fontes limpas e renováveis, com certificação pelo International REC Standard (I-REC).

– Aumento de 44% do número de mulheres na companhia em todos os níveis hierárquicos, atingindo o percentual de 34,5% de presença feminina em cargos de liderança, contra 23,5% do ano anterior.

– Obtenção do Certificado de Conformidade Algodão Brasileiro Responsável para Terminais Retroportuários de Algodão (ABR-LOG): concedido pela Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) e Associação Brasileira de Exportadores de Algodão (Anea), que reconhece boas práticas no processo de estufagem de contêineres de algodão no terminal de Rondonópolis (MT).

– Início de uma importante operação no Corredor Central pela Ferrovia Norte-Sul, ligando Goiás ao Porto de Santos.

Conforme Luciano Johnsson, CEO da Brado, esses resultados demonstram quanto a companhia vem se tornando cada vez mais relevante no cenário da logística brasileira. “São consequências da solidez do trabalho que nossos colaboradores vêm desenvolvendo ao longo dos 13 anos de existência da Brado, aliando crescimento à sustentabilidade”, afirma.

O Relatório de Sustentabilidade 2023 também apresenta a Visão ESG 2030 da Brado: um ambicioso plano de ação da companhia sobre os temas ambientais, sociais e de governança (ESG) mais relevantes para seus negócios e para o futuro da própria atividade logística.

Contemplando os 10 princípios do Pacto Global da Organização das Nações Unidas (ONU), entidade à qual a Brado é afiliada desde 2021, as iniciativas serão voltadas à redução de impactos ambientais, estímulo à diversidade e à inclusão, direitos humanos, inovação e relacionamentos com comunidades, entre outros tópicos. “A Visão ESG 2030 vai transformar a atuação da Brado e o valor que a empresa agrega à sociedade. Sempre em alinhamento à missão de ser a melhor distância entre gente que produz e gente que consome”, diz Johnsson.

Leia Mais

Outras Notícias