sexta-feira, julho 12, 2024

Ações de ESG da BRZ geram economia superior a meio milhão de litros de água

Compartilhar

A BRZ, construtora com mais de 13 anos de excelência no mercado imobiliário nacional, reafirma seu compromisso com a sustentabilidade e a responsabilidade corporativa ao destacar suas iniciativas ESG como parte integrante de sua estratégia de negócios.

As práticas de sustentabilidade adotadas pela empresa já resultaram na redução de mais de 48 mil quilos nas emissões de carbono, uma necessidade enfatizada pela ONU durante a COP 28, realizada no final de 2023. Além disso, essas iniciativas contribuíram para a economia de 511 mil litros de água, a preservação de mais de 20 mil quilos de árvores e a eliminação de mais de 3 mil quilos de resíduos.

“Na BRZ, acreditamos que o sucesso empresarial está diretamente ligado ao compromisso com práticas sustentáveis e responsáveis”, afirmou Eduarda Tolentino, Presidente do Conselho da BRZ. “Nossas iniciativas ESG refletem nosso compromisso de longo prazo com o desenvolvimento sustentável e o bem-estar das comunidades onde operamos. Estamos orgulhosos de abrir o caminho na construção civil, demonstrando que é possível alcançar o sucesso empresarial enquanto se promove um impacto positivo significativo no mundo ao nosso redor”, completou.

Certificações

A construtora foi pioneira no setor ao obter certificações importantes, como o Selo Casa Azul, com o empreendimento Portal Terras de Carrara, em Hortolândia (interior de São Paulo). Desenvolvida pela CAIXA, a certificação atesta o índice de sustentabilidade de projetos habitacionais e reconhece as construções que incorporam soluções eficientes de ESG em todas as fases, desde a concepção até a manutenção das edificações.

Além disso, a BRZ também obteve mais duas certificações de sustentabilidade, nos empreendimentos Portal Recantos de Lugano e Portal Terras de Ravenna, ambos em Sumaré (SP). O selo obtido pela BRZ ainda garante taxas de juros especiais e desconto para os financiamentos realizados pelo SBPE – Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo.

Os empreendimentos também contam com bicicletários e vagas para veículos elétricos nos condomínios, adoção de dispositivos economizadores de energia e água, uso de material reutilizável e pré-fabricado nos processos de construção e práticas sociais como educação ambiental e financeira dos moradores e trabalhadores locais.

Responsabilidade social

Essas práticas de ESG e sustentabilidade são um padrão em todos os empreendimentos da BRZ, assim como a adoção de práticas sociais, que tem o propósito de impactar positivamente a vida das pessoas, fornecendo moradias de qualidade e apoiando iniciativas sociais através do Instituto Dona Neném (IDN). Com mais de 55 projetos apoiados em três estados brasileiros, a BRZ tem alcançado diretamente mais de 25 mil pessoas e beneficiado indiretamente mais de 650 mil, demonstrando seu compromisso em contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades nas quais atua.

Esse foi o caso da construção do anexo do Centro Cultural Cláudio Nogueira de Azevedo, que beneficiou mais de 28 mil pessoas. O local atende gratuitamente 500 crianças com atividades de música e teatro. A construção do anexo ainda permitirá que sejam atendidas mais de 800 crianças no espaço e ampliará as aulas gratuitas já existentes de teatro e música, além de favorecer a criação do projeto de dança, todos ofertados de forma gratuita pela Prefeitura de Cláudio.

Já o apoio ao projeto Crianças que Lutam beneficiou mais de 140 crianças de comunidades carentes de BH e RMBH através da doação de quimonos para a prática de artes marciais.

Governança

Quanto à Governança, a BRZ estabeleceu rigorosos padrões éticos e de integridade em toda a sua estrutura corporativa. Entre as medidas adotadas, a construtora criou o Conselho de Administração, que conta com três conselheiros independentes e recebeu, recentemente, o selo “Women on Board”, uma iniciativa que reconhece companhias que tem em seu quadro de conselho pelo menos duas mulheres atuando, e quatro comitês de assessoramento. Também instituiu o Comitê de Ética e divulgou a primeira versão do seu Código de Conduta.

Além disso, criou uma área de compliance, um canal de denúncias (Linha Ética) em parceria com a KPMG (que também audita as operações da empresa), onde os colaboradores, parceiros e terceiros podem reportar condutas que não estejam condizentes com a ética e a integridade, valores inegociáveis da BRZ.

Em 2020, a BRZ emitiu seu primeiro CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários), no valor de R$ 150 milhões. Logo em seguida, em 2022, a empresa alcançou um marco significativo com o lançamento do Projeto SAP/CRM, um dos maiores projetos tecnológicos já realizados na Construção Civil do país. Essa implementação revolucionária permitiu que todos os contratos fossem assinados digitalmente, resultando em substancial redução do impacto ambiental.

“Não há como falarmos sobre futuro sem falarmos de ESG. As práticas que envolvem meio ambiente, esfera social e de governança são essenciais para que consigamos cocriar novas soluções que sejam positivas não apenas para o negócio, mas para todos. Com esta premissa, nosso foco é fornecer soluções sustentáveis e inovadoras em moradia de qualidade, fazendo a diferença na vida dos nossos clientes, colaboradores, parceiros e sociedade”, finaliza Eduarda Tolentino.

Leia Mais

Outras Notícias