sábado, julho 13, 2024

Calor de data centers aquece edifícios e piscinas próximas

Compartilhar

A Equinix, empresa mundial de infraestrutura digital, está convocando agências de planejamento municipal, concessionárias de energia e operadoras de redes de aquecimento em todo o mundo para se juntarem ao programa Equinix Heat Export para aproveitar o calor residual gerado em seus data centers.

O inovador programa Heat Export da Equinix recupera o calor residual dos seus data centers e exporta-o para edifícios nas comunidades vizinhas, proporcionando uma alternativa mais limpa aos métodos tradicionais num momento de aumento dos preços globais da energia e restrições de fornecimento. A empresa implementou diversas iniciativas de exportação de calor em toda a Europa e nas Américas, com projetos na França, Finlândia, Alemanha, Irlanda, Suíça e Canadá.

A partir do próximo mês, a Equinix planeja exportar calor em seu mais novo IBX em Paris, PA10, e transferi-lo para a zona de desenvolvimento urbano de Plaine Saulnier e para o Centro Aquático Olímpico, que sediará vários eventos durante os Jogos Olímpicos de Verão de 2024.

O calor exportado do TR5, um dos data centers da Equinix em Toronto, é distribuído por vários edifícios residenciais, bem como por um hotel próximo, uma universidade e um shopping center local no centro de Markham. O TR5 também atende vários edifícios com água quente durante todo o ano, graças à rede de aquecimento do parceiro de energia da Equinix, Markham District Energy.

A Equinix está empenhada em expandir seu programa de exportação de calor em locais adequados, onde os data centers possam servir como fontes de calor para as comunidades locais. A companhia está ativamente à procura de parcerias com organizações como operadores de redes de calor, empresas de energia e municípios para concretizar projetos de exportação de calor. Ao colaborar com estas entidades, a Equinix pretende causar um impacto positivo significativo nas comunidades onde opera.

“Nosso programa Heat Export é uma forma importante de os data centers retribuirem às comunidades locais”, explicou Gary Aitkenhead, vice-presidente sênior de operações da Equinix na EMEA. “No entanto, isso só é possível através da colaboração com fornecedores de energia, governos e outros facilitadores terceiros. Por isso, pedimos que mais parceiros se juntem ao programa e reutilizem o calor das nossas operações.”

Globalmente, a Equinix está investindo em tecnologias inovadoras em eficiência energética, energias renováveis ​​e projetos de exportação de calor como parte de sua estratégia global de sustentabilidade Future First, concentrando-se em áreas que têm maior impacto sobre os clientes e as principais partes interessadas. A empresa foi a primeira na indústria de centros de dados a alinhar-se com uma meta aprovada de curto prazo com base científica para a redução de emissões em todas as suas operações globais e cadeia de abastecimento até 2030. É também signatária fundadora do EU Climate Neutral Data Centre Operator Pact, que lidera a defesa e orienta o desenvolvimento de requisitos de sustentabilidade para que a indústria de centros de dados da União Europeia se torne neutra para o clima até 2030.

Leia Mais

Outras Notícias