quinta-feira, junho 20, 2024

Dia dos Voluntários Telefônica Vivo chega a 20ª edição e reúne 10 mil colaboradores em ações que beneficiarão mais de 40 mil pessoas

Compartilhar

A Vivo, por meio da Fundação Telefônica Vivo promove, nesta sexta-feira, 7, o Dia dos Voluntários Telefônica Vivo (DVT), que mobiliza 10 mil colaboradores em 39 cidades do país. Os participantes se dividem em 900 atividades, em 55 instituições no País, sendo 70% delas voltadas para educação, foco do braço social da empresa. No total, as ações beneficiarão cerca de 40 mil pessoas. Em comemoração aos 100 anos do Grupo Telefônica, a 20ª edição do evento acontece este ano simultaneamente em 12 países, com participação de 27 mil colaboradores – Alemanha, Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Espanha, México, Peru, Uruguai, Venezuela e Reino Unido, além do Brasil.

“Para o ‘dia D’ do DVT acontecer, há um time enorme de colaboradores voluntários trabalhando ao longo de todo o ano. Chegar esse momento é, de fato, a concretização do projeto. E, sem dúvida, ver tamanho envolvimento e engajamento em todos os níveis da empresa reforça a potência da nossa cultura colaborativa e do espírito de solidariedade que cultivamos. É nosso compromisso estimular a cidadania, por meio de ações que gerem impacto social”, explica Lia Glaz, diretora-presidente da Fundação Telefônica Vivo. “Nesta edição comemorativa, além da iniciativa ocorrer no mesmo dia em todos os países, novamente vamos trazer familiares para estar conosco e estender a participação de lojas e equipes técnicas, o que torna o voluntariado uma prática ainda mais inclusiva e acessível, convidando todos a se juntarem a nós nesta jornada de transformação social”, completa.

No dia 7, o objetivo é contribuir com a melhoria da infraestrutura das instituições e escolas, proporcionando aos estudantes e professores ambientes educacionais mais adequados. Os colaboradores farão capacitação de jovens e adultos, com palestras e workshops sobre carreira e empregabilidade, inclusão digital, saúde e bem-estar; montagem de bazar social; intervenções estruturais, como pintura, consertos elétricos e hidráulicos, horta e marcenaria; e criação e/ou reforma de laboratórios de ciências, matemáticas, robótica, espaço maker e informática, no conceito de Casa Inteligente. Aos que preferirem fazer atividades online, o programa ainda oferece a oportunidade de realizar missões no Game do Bem, uma plataforma gamificada com ações digitais, como cadastramento de notas fiscais doadas. Nas 237 lojas próprias participantes, os clientes serão convidados a participar de uma ação que visa incentivar o hábito da leitura com as crianças, fomentando também o conhecimento sobre a literatura antirracista, uma pauta fundamental da educação e eixo transversal nos projetos da Fundação Telefônica Vivo. Nesta ação, os participantes ainda ganharão acesso a livros gratuitos para exercitar a contação de histórias em casa.

O Programa de Voluntariado da Fundação Telefônica é hoje uma das principais iniciativas de voluntariado empresarial do mundo, administrado pela equipe da Fundação Telefónica global, com sede em Madri, e promove a ação social das pessoas ligadas ao Grupo Telefónica que desejam contribuir com parte de seu tempo, de suas habilidades e de seus recursos para beneficiar a comunidade e os grupos menos favorecidos. No Brasil, o principal diferencial é a estratégia de gestão do programa por meio do modelo de governança, que é formado por comitês de voluntariado, que participam de todo o processo: escolha das instituições que serão beneficiadas; definição e execução do projeto e engajamento dos demais colaboradores. Este ano, foram formados mais de 50 comitês de voluntariado, com quase 500 membros voluntários, que recebem todo o suporte da Fundação ao longo do ano.

Uma ação inédita este ano foi unir o voluntariado à coleta de resíduos eletrônicos. O Brasil está entre os maiores geradores de lixo eletrônico do mundo, conforme  relatório The global E-waste Monitor 2024, da ONU, e,  para ajudar o País a vencer este importante desafio ambiental da era digital, a Vivo vem ampliando suas ações de engajamento junto à sociedade. Na mais recente iniciativa, a empresa mobilizou jovens de 25 instituições, sendo 18 escolas públicas, atendidas pelo programa de Voluntariado. Em pouco mais de 30 dias, a ação recolheu mais de 15 toneladas de lixo eletrônico, como celulares, cabos, fones, teclados e monitores. A iniciativa envolveu escolas públicas e instituições em 10 estados, nas cidades de São Paulo (SP), Diadema (SP), Guarulhos (SP), Curitiba (PR), Vitória da Conquista (BA), Belo Horizonte (MG), Recife (PE), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Boa Vista (RR), Rio de Janeiro (RJ) e Imperatriz (MA).

“Como instituição que atua no apoio à educação pública, com foco no desenvolvimento de competências digitais junto a alunos e professores, também entendemos nosso papel na formação de gerações mais conscientes e engajadas na pauta socioambiental, como a dos resíduos eletrônicos”, reforça Lia Glaz. “Com o incentivo e orientação dos Comitês de Voluntariado, dos educadores e gestores das instituições envolvidas, os jovens engajam e atuam como multiplicadores nos seus ambientes de convívio social e familiar, o que explica o excelente resultado desta campanha”, finaliza.

Durante o período da gincana, as turmas de cada instituição competiram entre si. A sala com maior arrecadação de resíduos em cada escola, confirmada por meio de pesagem, será premiada em ação posterior ao Dia dos Voluntários. Os alunos e beneficiários, no caso das instituições, são contemplados por uma sessão de cinema com direito a pipoca e refrigerante. Educadores e líderes também serão reconhecidos.

Leia Mais

Outras Notícias