quinta-feira, junho 20, 2024

Dia Mundial do Meio Ambiente: como as previsões climáticas com IA apoiam o crescimento sustentável dos negócios

Compartilhar

O Dia Mundial do Meio Ambiente, realizado anualmente em 5 de junho, reúne milhões de pessoas de todo o mundo, engajando o esforço de proteger e restaurar a Terra. E como as mudanças climáticas obrigam os setores público e privado a pressionar para financiar mais tecnologias neutras em carbono e verdes, um ponto significativo de tensão é equilibrar o crescimento empresarial e econômico com a responsabilidade ambiental. A chegada de ferramentas inovadoras que podem dar suporte a grandes corporações e PMEs em sua jornada de sustentabilidade é sempre motivo de comemoração, e uma dessas ferramentas que está definida para se tornar um fator-chave para alcançar o desenvolvimento sustentável são as previsões climáticas com IA.

“Estamos observando um apelo crescente por práticas mais verdes e soluções empresariais mais sustentáveis em todo o mundo, à medida que cada um de nós se torna mais consciente dos desafios que as mudanças climáticas trazem”, comenta Alex Ganshin, CEO da Meteum.

Não há dúvidas de que os consumidores brasileiros estão se tornando mais conscientes do meio ambiente, com um aumento de 40% no consumo online de produtos sustentáveis no ano passado. Já 92% dos brasileiros acreditam que é importante para uma empresa ter práticas comerciais sustentáveis, sendo que mais da metade dos entrevistados admite que muitas vezes é difícil descobrir quais marcas e empresas estão fazendo mais para proteger o meio ambiente. No entanto, muitas das maiores empresas do país agora estão adotando práticas ESG, como AmBev, Magalu e Natura.

“O Brasil tem uma combinação mágica de consumidores cada vez mais conscientes do meio ambiente e empresas que prosperam com a inovação digital. É por isso que achamos tão importante aumentar a conscientização sobre os benefícios da previsão do clima e do tempo com tecnologia de IA, e como ela pode ajudar as empresas a fortalecer seu crescimento sustentável”, explica Alex Ganshin.

Ganshin explica que é fundamental que as organizações considerem seriamente as mudanças climáticas resultantes do aquecimento global, visto que o mundo está vivenciando uma série de eventos extremos referentes ao clima em grande escala. “As empresas devem reconhecer a seriedade dos impactos climáticos não apenas para a população, mas também para a sustentabilidade de seus negócios.”

Ao aproveitar o poder da Inteligência Artificial e do Aprendizado de Máquina, a Meteum é capaz de analisar meticulosamente os dados climáticos e prever padrões climáticos em rápida mudança, eventos extremos e mudanças climáticas de longo prazo. Isso oferece a empresas grandes e pequenas a previsão necessária para otimizar o uso de recursos essenciais, como água, energia e materiais dentro da cadeia de suprimentos, bem como planejar rotas logísticas e reagir a eventos anteriormente imprevisíveis. As empresas que estão mais focadas em inteligência climática são, portanto, capazes de aumentar a programação de produção eficiente e reduzir o desperdício, resultando em uma diminuição significativa na pegada de carbono associada às operações.

“A integração desta tecnologia não significa apenas melhoria operacional, mas também um compromisso tangível com a sustentabilidade ambiental, impulsionando uma mudança concreta em direção a práticas mais responsáveis e ecologicamente corretas”, conclui Ganshin.

Leia Mais

Outras Notícias