quinta-feira, junho 20, 2024

Complexo de Anemus Wind da 2W tem mais 50 MW liberados para operação comercial

Compartilhar

A 2W deu mais um passo importante para se posicionar como uma das principais comercializadoras e geradoras de energia renovável do país. Em maio passado, a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) autorizou o início de operação comercial de 50,4 MW em capacidade instalada do Complexo Eólico Anemus Wind, localizado no Rio Grande do Norte. Foram liberadas para operação comercial 50,4 MW nas unidades geradoras UG1 a UG3, que somam 12,6 MW, de Anemus Wind 1; e as UG1 a UG9, totalizando 37,8 MW, de Anemus Wind 2. As unidades geradoras estão localizadas no município de Currais Novos e São Vicente.

O Complexo Eólico Anemus Wind está localizado no sertão nordestino em uma área de aproximadamente 3,7 mil hectares. Composto por três parques eólicos, com 33 aerogeradores que juntos terão a capacidade instalada de aproximadamente 139 MW. Toda a energia gerada por Anemus Wind será comercializada no Ambiente de Contratação Livre (ACL), promovendo a democratização do acesso à energia 100% renovável no Brasil.

Além disso, o Complexo Eólico Anemus Wind contribuirá significativamente para a redução das emissões de gases de efeito estufa, ajudando o Brasil a cumprir seus compromissos no combate às mudanças climáticas. “Com a liberação de mais essa etapa do Complexo Eólico de Anemus, a 2W não só se consolida como um grande player no setor de geração renovável, mas também reafirma seu compromisso com metas que vão além da energia. Nosso objetivo é oferecer soluções completas e sustentáveis para nossos clientes, contribuindo para um futuro mais verde e sustentável. Estamos muito empolgados com essa nova etapa e confiantes de que já estamos fazendo a diferença no mercado de energia renovável. A geração de energia eólica é limpa e sustentável, representando uma fonte de energia renovável e inesgotável”, ressalta o CEO da 2W, Claudio Ribeiro.

A 2W também conta com outro parque eólico que está em construção e tem previsão de inauguração até o final de 2024. O Complexo Eólico Kairós Wind está localizado no município de Icapuí, no estado do Ceará. Serão 58 aerogeradores que juntos terão a capacidade instalada de aproximadamente 261 MW. Aproximadamente 670 mil residências serão atendidas com a produção de energia do complexo eólico evitando com isso a redução de aproximadamente 460 mil toneladas de CO2 na natureza.

Em 2024, o mercado livre de energia no Brasil deve estar mais consolidado e em franca expansão. Com a continuidade da abertura do mercado, mais consumidores devem migrar para o mercado livre em busca de melhores condições comerciais e tarifárias. Além disso, a tendência é que novas fontes de energia renovável ganhem ainda mais espaço, impulsionando a transição energética do país. A 2W, através de sua expertise em soluções sustentáveis, proporciona as empresas uma alternativa mais limpa e econômica em termos energéticos.

No Brasil já são mais de 1,2 mil empresas que migraram para o mercado livre através da 2W. Segundo dados do final de 2023 da CCEE, a empresa liderou no país o crescimento na adição de novos clientes entre as principais comercializadoras de energia. O CEO da 2W, Claudio Ribeiro, destaca o momento atual do mercado livre de energia no Brasil: “Acreditamos que é fundamental que as pequenas e médias empresas tenham acesso a tecnologias e soluções sustentáveis, para que possam competir de forma mais eficiente e contribuir para a preservação do meio ambiente. Estamos empenhados em apoiar essas empresas nesse processo de transição para uma economia mais verde, proporcionando-lhes as ferramentas necessárias para se destacarem no mercado de energia renovável. Além disso, estamos comprometidos em oferecer um atendimento personalizado e soluções customizadas para atender às necessidades específicas de cada cliente, garantindo assim o sucesso e a sustentabilidade de seus negócios. Acreditamos que juntos podemos promover uma mudança positiva e transformar o mercado de energia, tornando-o mais sustentável e competitivo”.

Os setores que mais estão migrando para o mercado livre através da 2W são do ramo madeireiro, plástico, hotéis e supermercados. A 2W oferece um pacote de serviços gratuitos, como conta digital para pessoas físicas e jurídicas, e produtos voltados a empresas sustentáveis, que geralmente apresentam melhores condições de contratação (taxas, prazos). A companhia, que é uma das maiores comercializadoras de energia independentes do país, agrega ao portfólio produtos de sustentabilidade, como créditos de carbono e inventário de emissões de gases de efeito estufa. Para clientes que migraram para o mercado livre de energia com a 2W é possível acompanhar consumo de energia e telemetria, pagar a fatura de energia pela plataforma, acompanhar economia em relação ao mercado cativo e também adquirir produtos relacionados à sustentabilidade, como totem de carregamento para veículo elétrico, jornada ESG, inventário de carbono, entre outros. Ainda dentro da mesma plataforma é possível ter acesso à conta digital em que transações financeiras estarão habilitadas como Pix, Ted, entre outros.

Leia Mais

Outras Notícias