quinta-feira, junho 20, 2024

Ações de conscientização da Medtronic aumentam em 12% autodeclaração de LGBTQIAP+ na empresa

Compartilhar

A empresa americana Medtronic, líder em tecnologia na saúde, registrou aumento de 12% de profissionais que se autodeclararam LGBTQIAP+ (Lésbicas, Gays, Bi, Trans, Queer/Questionando, Intersexo, Assexuais/Arromânticas/Agênero, Pan/Pôli), neste último ano. O aumento foi motivado por ações educativas e de conscientização realizada pelo PRIDE, Grupo de Funcionários criado para desenvolver um ambiente de respeito, seguro e de oportunidades para a comunidade LGBTQIAP+, reforçando a ideia de que na empresa eles podem ser quem são. O comitê atua com rodas de conversação, realização de palestras, produção de cartilha, apoio psicológico e canal de troca com os responsáveis do PRIDE, que permite o anonimato ou não.

O líder do Grupo de Funcionários Pride, André Brocca, recebeu o apoio da companhia para realizar, com o parceiro, o sonho da paternidade de 2 bebês. O processo de barriga de aluguel foi realizado na Colômbia e teve todo o respaldo da companhia, desde se deslocar para outro país, licença paternidade e até a resolução de todos os trâmites burocráticos. Esse apoio o inspirou a olhar para novas histórias LGBTQIAP+ e a pleitear junto com o RH por mais espaços para implementar ações que levem educação e conscientização desde a diretoria até a área de produção da empresa.

O senso anual que avalia as métricas de programas internos identificou, em 2024, aumento de 12% de colaboradores que se autodeclararam da comunidade LGBTQIAP+, além de uma profissional trans que se sentiu confortável para expor o gênero, porém sem a identificação.

Para propagar comportamentos aspiracionais, a Medtronic realizará entre outras ações virtuais, 2 eventos internos no Mês do Orgulho LGBTQIAP+ (junho), o Varanda PRIDE e o Transpossibilidades, nos próximos 05 e 28 de junho, respectivamente, para mostrar que com educação e conscientização, histórias LGBTQIAP+ podem ter desfechos felizes.

O Varanda será uma espécie de encontro cultural criado para estimular a troca de livros, séries, músicas e experiências relacionadas à sigla LGBTQIAP+, no próprio espaço da companhia. Será inaugurada em 05 de junho, e terá recorrência mensal com abertura do time PRIDE, hasteamento de bandeira e feira de empreendedores LGBTQIAP+ para os funcionários. O evento Transpossibilidade terá histórias bem-sucedidas de profissionais da saúde transsexuais e familiares, em uma roda de conversa com a liderança e toda a companhia.

“O objetivo não é romantizar o processo, visto que infelizmente ainda há muito preconceito, mas mostrar que ações educativas e de conscientização, iniciadas no passado, começam a dar frutos e a permitir que a comunidade LGBTQIAP+ enxergue um futuro mais empático, respeitoso e menos preconceituoso”, enfatiza André Brocca.

Leia Mais

Outras Notícias