quinta-feira, junho 20, 2024

Globo dá continuidade ao seu projeto de eficiência energética

Compartilhar

Em menos de um ano após os Estúdios Globo, no Rio de Janeiro (RJ), terem passado pelo processo de retrofit luminotécnico, que possibilitou a economia de 4,25 GWh ao ano, desta vez, a GreenYellow, especializada na transição energética das empresas, implementou na sede da Globo em São Paulo um projeto nos mesmos moldes. Foram substituídas 9.269 lâmpadas ou luminárias de tecnologias anteriores por unidades de led, que podem ser até 80% mais econômicas que as demais.

Depois de cinco meses de implantação, a multinacional francesa finalizou o trabalho, que proporcionará uma redução de 50% no consumo de energia da iluminação, ou seja, 894,5 MWh anuais, dando mais um passo importante no caminho da sustentabilidade em suas operações. “Trata-se de um contrato de cinco anos de duração, que possibilitará, além da redução no consumo de energia, a padronização do parque de iluminação do local. Outro ponto relevante do projeto é o fato da execução da obra ter sido realizada sem atrapalhar o funcionamento do escritório e dos estúdios, com a implantação sendo realizada em horários noturnos”, explica Marcelo Xavier, diretor-presidente da GreenYellow no Brasil.

“Como um desdobramento do que já começamos a fazer no Rio de Janeiro e vem dando resultados excelentes, essa iniciativa está 100% alinhada com as nossas estratégias ESG, que estão se fortalecendo cada vez mais e sendo aplicadas na utilização inteligente dos recursos”, afirma Thiago Lacerda de La Vega, gerente Sênior de Operação e Missão Crítica da Globo. O projeto no Rio de Janeiro, que teve sua primeira parte entregue em abril de 2022, tem como objetivo diminuir o consumo de energia e padronizar o parque de iluminação do local. A GreenYellow foi responsável por realizar um trabalho de Retrofit, incluindo a troca de 27.925 lâmpadas e luminárias com tecnologias mais econômicas e modernas.

Leia Mais

Outras Notícias