quinta-feira, junho 20, 2024

Metas Net Zero da TD Synnex foram aprovadas pela SBTi

Compartilhar

A TD SYNNEX anuncia as metas de redução de emissões baseadas na ciência, tanto a curto quanto a longo prazo, foram aprovadas pela iniciativa Science Based Targets (SBTi), tornando a empresa um dos primeiros agregadores de soluções tecnológicas a obter esta aprovação.

“Tive o privilégio de assinar nosso compromisso com o SBTi Business Ambition Pledge como um dos meus primeiros atos como CEO da TD SYNNEX após a fusão que criou nossa empresa em setembro de 2021, por isso está certo dizer que a sustentabilidade tem sido uma prioridade para nossos negócios desde o Dia 1”, disse Rich Hume, CEO da TD SYNNEX. “Agradeço a todos os colegas que participaram da construção do programa para atingimos esses objetivos. A aprovação da SBTi prova a qualidade de seu trabalho e comprometimento”.

A SBTi é conhecida por desenvolver padrões, ferramentas e orientações para lidar com as emissões de gases de efeito estufa (GEE). A aprovação das metas de emissão zero da TD SYNNEX posiciona a empresa na vanguarda da ação climática corporativa. As metas aprovadas incluem:

Meta net-zero

A TD SYNNEX se compromete a reduzir as emissões absolutas de GEE de escopo 1 e 2 em 42% até o ano fiscal de 2030, partindo do ano fiscal 2022 como base. Quanto a seus fornecedores, 90% deles, por meio dos bens e serviços adquiridos, terão metas definidas com base na ciência até o ano fiscal de 2028. E 58% dos seus clientes, em termos de receita cobrindo o uso dos produtos vendidos, terão metas baseadas em ciência até o ano fiscal de 2028.

Metas de longo prazo

A TD SYNNEX se compromete a reduzir as emissões absolutas de GEE dos escopos 1, 2 e 3 em 90% até o ano fiscal de 2045, tendo como base o ano fiscal de 2022.

“Ao celebrarmos a validação das nossas metas, reconhecemos que o trabalho árduo começa agora. Para isso, estamos elaborando roadmaps em cada uma das regiões em que atuamos, além de encorajar nossos stakeholders a se alinharem com a ciência climática, com a finalidade de assumirem compromissos com metas de 1,5 C e zerarem suas emissões líquidas de carbono”, acrescentou Adam Rutstein, Vice-presidente, Cidadania Corporativa e Sustentabilidade da TD SYNNEX.

Leia Mais

Outras Notícias