sábado, maio 25, 2024

Ball avança na produção de latas com maior porcentagem de alumínio reciclado

Compartilhar

No Dia Mundial da Reciclagem, a Ball Corporation reforça seu compromisso com a sustentabilidade, anunciando avanços significativos em sua produção de latas de alumínio com maior conteúdo reciclado. A maior fabricante de latas do mundo tem a meta ambiciosa de atingir 85% de alumínio reciclado em suas embalagens até 2030, tendo atingido 70% de alumínio reciclado em suas fabricações para embalagens de bebidas globalmente – um aumento de oito pontos percentuais em três anos.

Na América do Sul, o avanço é ainda mais significativo: hoje, cada lata da Ball produzida na região tem 76% de conteúdo advindo do processo de reciclagem. Além disso, 86% da receita da empresa no mundo todo em 2023, equivalente a mais de 13 bilhões de dólares, foi gerada a partir de embalagens de alumínio contendo materiais reciclados, retornáveis ou reutilizáveis.

As taxas de reciclagens das latas de alumínio seguem progredindo no mundo e na região. Atualmente, cerca de 70% de todas as latas de alumínio do mundo são recicladas, o que a torna a embalagem uma opção sustentável. No Brasil, esse índice ultrapassa os 90% há 15 anos, e chegou a 100% em 2022; enquanto no Paraguai a taxa também é alta, com 90%. Outros países da América do Sul onde a Ball está presente, o Chile e a Argentina, têm 33% e 79% de taxa de reciclagem, respectivamente.

“De acordo com o nosso Plano de Transição Climática, incentivar a circularidade de nossas embalagens representa 50% das oportunidades e iniciativas que irão reduzir nossas emissões até 2030. Portanto, a reciclagem é primordial para a descarbonização dos nossos negócios, e consagra a Sustentabilidade como um pilar inegociável para a Ball. Sabemos que este é um trabalho diário e uma responsabilidade contínua, por isso é importante usar datas como o Dia Mundial da Reciclagem para refletir sobre a importância de adotar medidas proativas para lidar com os desafios ambientais globais. Neste contexto, as latas de alumínio representam um exemplo emblemático do esforço tanto individual quanto empresarial em direção a um futuro mais sustentável”, completa Julia Pinto, Líder de Sustentabilidade e Relações Públicas da Ball Corporation para América do Sul.

Cerca de 75% de todo o alumínio já produzido na história ainda está em uso no mundo, o que torna o ciclo de vida da lata um exemplo de sustentabilidade. Na prática, o consumidor escolhe uma latinha das prateleiras, brinda e ingere o líquido e a descarta. Com um descarte correto, ela é destinada a reciclagem, refundida e transformada em bobinas de alumínio – que serão compradas pelas fabricantes de lata. A Ball e outros players transformam a bobina em lata, que é enviada para o cliente, responsável por envasar a embalagem com seu produto, e enviá-lo para as prateleiras novamente. Isso tudo ocorre em até 60 dias, ou seja, em dois meses a lata descartada se transforma em nova e retorna às prateleiras, reiniciando um ciclo de vida fechado e infinito.

O trabalho da Ball é impulsionar a prática da reciclagem em nível mundial, com uma série de iniciativas ao longo de sua cadeia de produção. Até 2030, a companhia tem como objetivo chegar a 90% de taxa de reciclagem de seus produtos nos países onde opera. Além disso, a empresa trabalha com diversas avaliações de ciclo de vida para compreender o desempenho ambiental de suas embalagens, o impacto positivo da reciclagem na pegada de carbono do produto e sua contribuição para uma economia mais circular.

No mais, como parte das metas integradas de sustentabilidade, a Ball implementou medidas eficazes que resultaram na redução de 20% no consumo de água em sua produção na América do Sul, economizando 14,5 milhões de litros de água por ano. Como relação às metas de compras responsáveis, a Ball conquistou a certificação ASI (Aluminium Stewardship Initiative) em 2021 para todas as suas plantas na América do Sul e tem realizado um trabalho para que todos os stakeholders de sua cadeia também se certifiquem. Até o momento, todos os fornecedores da Ball já são membros ASI e caminham para obtenção da certificação nos próximos anos. Com essas certificações, a Ball caminha para alcançar o objetivo de comprar 100% de seu aluminio proveniente de fontes certificadas, sustentáveis e responsáveis até 2030.

Leia Mais

Outras Notícias