sexta-feira, maio 17, 2024

IA e sustentabilidade: uma combinação estratégica para o futuro das empresas

Compartilhar

A conscientização sobre a importância da sustentabilidade e responsabilidade social tem crescido significativamente nas empresas e corporações. De acordo com o estudo realizado pela agência de pesquisa norte-americana Union + Webster indica que 87% dos consumidores brasileiros optam por comprar de empresas que tenham ações efetivas rumo à sustentabilidade. Nesse contexto, a inteligência artificial (IA) surge como uma ferramenta relevante capaz de estimular a eficiência e impulsionar o impacto das atividades envolvidas com a sustentabilidade.

“No mundo corporativo, o uso eficiente da IA com projetos ESG (ambiental, social e governança) permite às equipes traçar estratégias, otimizar processos e melhorar os resultados, com impactos positivos para sociedade e meio ambiente”, enfatiza Gustavo Loiola, gerente do PRME/ONU, professor e consultor ESG. O especialista afirma que a IA tem se mostrado um instrumento poderoso para solucionar desafios enfrentados pela sociedade, com a necessidade de preservar o meio ambiente e garantir a sustentabilidade do planeta.

Com a IA, é possível coletar e analisar dados ambientais de forma mais precisa, isso permite identificar padrões e problemas ambientais com mais rapidez, precisão e volume. Gustavo cita como exemplo a área da energia, onde a IA pode otimizar o uso de recursos, como água e eletricidade, reduzindo desperdícios. A ferramenta pode analisar esses dados em tempo real, com resultados sobre o desempenho ambiental e identificando áreas que precisam de melhorias.

Outro ponto é a análise de conformidade com as regulamentações e normas. A IA torna-se fundamental para garantir uma governança corporativa alinhada com melhores práticas. A adoção de tecnologias especializadas pode auxiliar nesse processo, facilitando o monitoramento e o cumprimento dos requisitos legais e normativos. Gustavo Loiola afirma que o monitoramento contínuo das atividades e métricas ESG é fundamental para uma gestão transparente e eficiente.

“Além das empresas identificarem áreas de melhoria, também deve haver um foco na elaboração de relatórios transparentes tanto para o interno quando para a sociedade. As pesquisas indicam que o consumidor cada vez mais quer comprar das empresas que vem avançando na sustentabilidade”, completa Loiola.

Leia Mais

Outras Notícias