quarta-feira, maio 22, 2024

Mulheres crescem no mercado de trabalho de TI, mas continuam tendo menor participação

Compartilhar

As mulheres estão se interessando mais pelo setor de tecnologia, mas o setor ainda é predominantemente masculino. Em 2023, foram contratadas 130.569 profissionais de TI, para cargos de analistas e desenvolvedores, sendo 77,5% das posições ocupadas por homens e somente 22,5% por mulheres. A diferença se revela também nos cargos executivos no setor. Do total de pessoas em cargos gerenciais e de diretoria, em 2023, 73,5% eram homens e somente 26,5% mulheres.

O levantamento foi feito pela DataSeek, empresa de Big Data, Business Intelligence e Inteligência Artificial, com base em dados públicos.

Na verificação realizada pela empresa, contudo, chama a atenção um leve crescimento (1,8%) na proporção de mulheres em relação aos homens em cargos de analistas e desenvolvedores entre 2022 e 2023.  O levantamento indica ainda um pequeno crescimento (1,1%) na proporção de mulheres, em relação aos homens nos cargos executivos, no mesmo período.

O fundador da Dataseek, Ricardo Frasson, ressalta que o setor de tecnologia teve uma queda de 75% no saldo de vagas em 2023, em relação ao ano anterior. Durante todo o ano passado, foram registrados 120.316 desligamentos, contra 130.569 contratações de profissionais de TI para cargos de desenvolvedores e analistas no país , gerando um saldo negativo de 10.253 vagas. “Apesar desta queda no número de vagas, merece destaque o pequeno avanço na participação de mulheres no conjunto de posições da área de TI”, diz.

Para o executivo, mais importante é fazer frente à grande demanda do mercado e investir fortemente na formação de profissionais de TI, o que irá contribuir para que a diferença entre gêneros seja efetivamente reduzida. “Diante da insuficiência crítica de mão de obra na área de tecnologia, a falta de equidade de gênero no setor ganha um peso relativo maior. O maior interesse das mulheres neste mercado representa também o crescimento e o desenvolvimento deste segmento”, conclui.

Leia Mais

Outras Notícias