sexta-feira, maio 17, 2024

Qintess promove expansão com inclusão

Compartilhar

Empresa global de tecnologia, a Qintess acaba de ganhar o reconhecimento do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) em relação à presença de pessoas com deficiência entre seus colaboradores. O certificado do MTE comprova para o mercado que a companhia respeita as cotas destinadas em seus quadros a profissionais desse universo.

A inclusão desse público — que corresponde a 8,9% da população brasileira — faz parte dos planos de expansão da Qintess e do fortalecimento da sua cultura ESG. Para isso, todas as vagas de emprego abertas pela empresa são inclusivas, ou seja, oferecidas também a pessoas com deficiência. Internamente, a companhia ainda promove treinamentos entre funcionários e executivos para acolher a chegada dos novos colegas e compreender melhor os seus desafios, tornando o ambiente ainda mais colaborativo.

“A Qintess é um agente indutor de evolução e prosperidade, acelerando o melhor da essência dos nossos clientes. Para isso, buscamos o melhor da nossa sociedade. A diversidade e a inclusão são grandes valores nossos e investimos cada vez mais neste pilar da nossa política de inclusão, governança e responsabilidade social. A diversidade permite que inovemos ainda mais e nos torna muito melhores, e a certificação do MTE mostra que estamos no caminho certo e na liderança desse movimento no mercado de TI”, explica Nana Baffour, Chairman, CEO & Chief Culture Officer da Qintess.

Segundo o IBGE, a população brasileira com algum tipo de deficiência física ou mental é estimada em 18,6 milhões de pessoas, ou 8,9% do total. Em relação à força de trabalho, apenas 29,2% conseguiram se colocar no mercado — contra 66,4% entre pessoas sem deficiência.

De acordo com o MTE, há 4.761 vagas abertas para pessoas com deficiência em um universo de 418 companhias no Estado de São Paulo. No entanto, 192 empresas de tecnologia da informação cumprem menos que 30% da cota estabelecida por lei, enquanto 107 ignoram completamente a legislação, não contratando qualquer pessoa com deficiência.

“O Sindpd lançou recentemente uma campanha para o cumprimento de cotas PCDs no setor de TI. A Qintess saiu na frente, é um exemplo para o mercado, pois demonstra compromisso e sensibilidade com esse tema e com seus colaboradores. De maneira geral, pouquíssimas empresas aceitam esse desafio em qualquer segmento econômico e a Qintess é uma delas, servindo como exemplo num mercado tão competitivo. Estamos muito felizes com a construção de parcerias para ampliar ainda mais a diversidade na empresa e no setor “, destaca Antonio Neto, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Tecnologia da Informação de São Paulo (Sindpd).

“Temos um ambiente cada vez mais inclusivo numa jornada contínua e essa troca de experiências nos torna uma empresa muito melhor, capaz de inovar ainda mais. Esse é um valor inestimável para a Qintess e queremos compartilhá-lo com nossos clientes e o mercado em que atuamos”, conclui Nana Baffour.

Leia Mais

Outras Notícias