sábado, maio 25, 2024

Bloomberg lança ferramenta personalizável de triagem de investimentos sustentáveis

Compartilhar

A Bloomberg anunciou nesta segunda-feira, 29, o lançamento de uma nova ferramenta que ajuda os investidores a avaliar carteiras, fundos e índices com base em critérios de sustentabilidade e limites personalizados pelo usuário. Disponível no Terminal Bloomberg, a solução permite um processo de seleção transparente e pode ser usada tanto para a tomada de decisões de investimento quanto para ajudar os clientes no compliance regulatório.

Com a diversificação das estratégias de investimento sustentável, os investidores buscam maneiras confiáveis e fáceis ​​de compreender se os produtos de investimentos estão alinhados com critérios específicos de sustentabilidade. Os reguladores em todo o mundo também estabelecem cada vez mais referências para que as empresas sejam consideradas sustentáveis ​​e exigem que os investidores avaliem se as empresas em que alocam capital cumprem esses limites. A nova ferramenta da Bloomberg oferece uma maneira fácil e transparente para os clientes entenderem até que ponto uma carteira, fundo ou índice atende às suas expectativas e critérios de sustentabilidade pré-determinados por eles.

Patricia Torres, Head Global de Soluções Financeiras Sustentáveis ​​da Bloomberg, comenta que os objetivos de sustentabilidade variam de investidor para investidor e de produto para produto. “Pode ser difícil compreender completamente se uma carteira, fundo ou índice atende à sua própria definição de investimento sustentável. Esta nova ferramenta da Bloomberg proporciona clareza e permite ao usuário personalizar critérios de investimento para determinar se carteiras, fundos ou índices atendem plenamente aos seus requisitos. Com base na extensa gama de dados ESG de empresas, métricas e pontuações proprietárias da Bloomberg, a ferramenta permite que os investidores avaliem os investimentos de uma forma comparável e escalonável.”

O processo de triagem é totalmente personalizado pelos usuários, que introduzem as suas preferências de investimento, selecionando entre uma vasta gama de critérios, e ajustando os limites precisos para as três categorias: metas de sustentabilidade, critérios de exclusão ou “não causar danos” e requisitos de boa governança. A solução calcula então um valor percentual que revela quanto do portfólio, fundo ou índice está alinhado com os critérios do usuário e fornece uma visualização de lista detalhada de todas as participações para detectar rapidamente quaisquer valores discrepantes.

Além de utilizar a solução para fins de investimento, o mercado também pode aproveitá-la para verificar, com base nas suas próprias definições, se os fundos estão alinhados com as obrigações regulamentares, incluindo as regras de adequação da MiFID II e o Regulamento de Divulgação de Finanças Sustentáveis ​​(SFDR) da União Europeia, a nova estrutura financeira sustentável dos Emirados Árabes Unidos, os futuros requisitos de divulgação de sustentabilidade da FCA do Reino Unido e as futuras orientações da SEC (ou U.S. Securities and Exchange Commission) sobre divulgações ESG e rotulagem de fundos.

A solução também pode ser utilizada pelos investidores para avaliar se um fundo cumpre a classificação no quadro do SFDR e a percentagem de investimento sustentável comunicada pelo próprio fundo. A Bloomberg agiliza o processo de triagem para fundos dos Artigos 8 e 9, fornecendo acesso a dados relatados por fundos SFDR para 26.000 fundos capturados no Modelo ESG Europeu (EET), cobrindo mais de 345 pontos de dados, incluindo o alinhamento mínimo da Taxonomia da UE de um fundo.

A oferta de Sustainable Finance Data License ​​da Bloomberg fornece acesso de toda a empresa aos dados subjacentes que alimentam esta nova ferramenta, para que os investidores possam utilizar na sua construção de investimento sustentável. Por meio da Data License, os clientes podem acessar o impacto potencial de uma empresa no Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e o desempenho percentual do setor de Impacto Adverso Principal do SFDR, juntamente com a triagem positiva e negativa baseada em receitas.

Leia Mais

Outras Notícias