sábado, maio 25, 2024

Em parceria com a United Way Brasil, American Tower inaugura mais duas comunidades digitais

Compartilhar

A American Tower, empresa global em infraestrutura de telecomunicações, inaugurou mais duas unidades do seu projeto de comunidade digital no Brasil, que tem o objetivo de oferecer à população local a possibilidade de desenvolvimento educacional e tecnológico. A iniciativa, que já estava presente em sete localidades do Estado de São Paulo, agora se expande para Porto Alegre (RS) e Recife (PE), totalizando nove unidades ativas no País.

No início do último mês, a empresa entregou a comunidade Dom Bosco, localizada no Recife. O local, que era reconhecido como um centro educacional e de inclusão social em atuação desde 1943, agora poderá também desenvolver iniciativas sociais e profissionalizantes para adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade.

Com as atividades que serão realizadas no projeto, o número de beneficiários anuais deverá chegar a mais de 1,8 mil pessoas ao longo de três anos, com expectativa de aumento da taxa de empregabilidade dos formandos passando de 15% para 20% ao ano.

Ainda em março, foi inaugurada a comunidade digital de Acompar, em Porto Alegre. A ONG é pioneira em ação comunitária participativa desde 1967 e recebeu diversas premiações e reconhecimentos pelo trabalho desenvolvido com o público jovem.

A parceria com a American Tower vai oportunizar a formação digital com foco na empregabilidade para 240 jovens ao ano, em ciclos trimestrais de 80 alunos, totalizando 720 beneficiários diretos ao longo dos três anos do projeto.

Em ambas as comunidades, a American Tower contou com o apoio da United Way Brasil, uma organização de filantropia fundada há mais de 130 anos nos Estados Unidos. A companhia foi responsável por auxiliar na contratação de educadores e adquirir mobiliários e equipamentos necessários para a realização dos cursos.

“Estamos muito felizes em expandir nossa atuação com um projeto tão importante que cria oportunidades de desenvolvimento das comunidades atendidas, melhorando a qualidade de vida através da conectividade, capacitando esses jovens para busca de melhores posições profissionais”, afirma o Diretor Geral da American Tower no Brasil, Emerson Hugues.

Histórico de sucesso

Além das unidades mais recentes do projeto, a American Tower já possui instaladas as comunidades da Fundação 10 de Agosto, em Bertioga; Sociedade Santos Mártires, na região de M’Boi Mirim; Favela Marte, em São José do Rio Preto; Pró-Morato, em Francisco Morato; Dom Bosco, em Itaquera; Aldeia do Futuro, em Americanópolis; e Abda Bauru, em Bauru. No total, cerca de 800 pessoas já se beneficiaram desse programa.

O projeto de comunidades digitais consiste em espaços equipados e conectados com Tecnologia da Informação e Comunicação, que fornecem alfabetização digital conduzida por instrutores ou autoguiada, abordando temas como alfabetização financeira, qualificação profissional e serviços de saúde para jovens.

O principal objetivo da iniciativa é melhorar a qualidade de vida das comunidades economicamente desfavorecidas em áreas urbanas e rurais, onde a falta de conectividade digital é um fator prejudicial ao desenvolvimento.

Além disso, a iniciativa também está contribuindo para que mais mulheres se aproximem das tecnologias de informação, já que de todas as pessoas que fizeram curso em Comunidades Digitais em toda a América Latina 58% são mulheres.

Leia Mais

Outras Notícias