sábado, maio 25, 2024

Time de futebol americano usa tecnologia da Microsoft e torna mais sustentável estádio localizado no meio do deserto

Compartilhar

O time de futebol americano Las Vegas Raiders está utilizando tecnologia da Microsoft para gerenciar o seu estádio de forma sustentável. Com a utilização do PowerBI, o Estádio Allegiant, que deverá sediar alguns jogos do campeonato de seleção das Américas, que este ano acontece nos Estados Unidos, está otimizando o controle do seu sistema de gerenciamento de edifícios para garantir que os torcedores tenham temperaturas confortáveis em meio ao deserto de Nevada, onde a estrutura foi construída, sem desperdiçar energia.

O estádio, com capacidade para até 65 mil torcedores, foi projetado tendo a sustentabilidade como um princípio-chave. É a primeira arena da NFL abastecida somente por energia renovável. Para manter o clima agradável dentro do local sem com isso ter gastos excessivos com a manutenção da refrigeração, o estádio conta com uma tecnologia avançada, incluindo um painel de sustentabilidade baseado no Microsoft Power BI.

De acordo com os responsáveis pelo projeto, o uso do painel para melhorar o controle climático deve gerar um impacto positivo nos negócios da equipe. “O Estádio Allegiant está comprometido com práticas sustentáveis e estamos sempre buscando torná-las mais eficientes. Trabalhamos para nos integrar aos esforços ecológicos de nossa comunidade local e para envolver ativamente nossos funcionários e visitantes em nossas ações de sustentabilidade. Queremos demonstrar aos nossos fãs, clientes, colaboradores, jogadores e comunidade que somos administradores conscientes do meio ambiente”, diz Sandra Douglass Morgan, presidente do Los Angeles Raiders.

“Nossos programas incluem redução de resíduos para minimizar o impacto nos aterros sanitários locais por meio de reaproveitamento, reciclagem ou doação de uma grande variedade de materiais. Também separamos todo o lixo para isolar os materiais recicláveis para que possam ser processados corretamente. Máquinas de biomassa no local processam cerca de 300 kg de itens coletados em um período de 24 horas”, explica a executiva.

Morgan explica que o estádio também incorporou a eficiência energética na infraestrutura, iluminação e paisagismo, além de otimizar o sistema de gerenciamento de edifícios com um painel Power BI, da Microsoft, que garante que as temperaturas façam com que os torcedores se sintam confortáveis, sem que haja um alto consumo de energia.

De acordo com Scott Erdmann, diretor sênior de Parcerias Corporativas dos Raiders, a sustentabilidade é um grande foco para o Estádio Allegiant e, também, para toda a equipe, além de ser um grande foco para a Microsoft. “Quando percebemos esse alinhamento, foi natural descobrir como podemos fazer tudo isso acontecer juntos. Depois de uma série de workshops, ficou claro que essa colaboração tinha tudo para dar certo. A Microsoft possui conhecimento e experiência profundos em soluções sustentáveis que realmente nos ajudaram a extrair o valor de nossos dados. Sabemos que a empresa está sempre desenvolvendo novas tecnologias de ponta como a Nuvem para Sustentabilidade que começamos a explorar com essa iniciativa”, conta.

Joseph Wright, diretor sênior de Operação de Instalações do estádio, explica como o Power BI atua na manutenção de uma temperatura agradável, sem gastar muita energia elétrica nessa tarefa. “Temos uma usina de refrigeração muito grande aqui, com seis torres de resfriamento, e é um grande desafio manter esse grande edifício preto de vidro fresco no meio do deserto. Então, ter qualidade climática interna se tornou nosso foco inicial. Com o painel Power BI, podemos levar em conta o clima fora do estádio, a temperatura prevista e a taxa de consumo de eletricidade para o dia e tomar uma decisão assertiva sobre como iremos operar a usina durante o dia para preparar o estádio para os eventos”, explica.

De acordo com o executivo, o painel extrai dados brutos do sistema de gerenciamento de edifícios e os combina com os dados elétricos e climáticos para fornecer as informações necessárias para o consumo de refrigeração, apresentando esses dados em tempo real, o que ajuda a administração a tomar as ações certas na hora certa.

Segundo Wrigth, isso tem um impacto enorme e bastante positivo para o seu trabalho. “O painel torna meu ofício como operador de instalações muito mais fácil. Quando consigo rapidamente obter todos os dados de que preciso de forma rápida, posso garantir que o prédio permaneça a uma temperatura confortável de 21 a 23ºC, mesmo quando está 45ºC lá fora no verão, por exemplo. O painel Power BI também me fornece análises de tendências e dados de comprovação para que, com base nessas informações, eu possa fornecer respostas mais precisas para a minha liderança sênior, com sugestões sobre como podemos operar o estádio da melhor maneira”, finaliza.

Leia Mais

Outras Notícias