sábado, maio 25, 2024

Dia Mundial da Juventude: Instituto quer estimular o ingresso de garotas no mercado tecnológico

Compartilhar

Promovido pela ONU (Organização das Nações Unidas) desde 1985, o Dia Mundial da Juventude está próximo e tem como finalidade voltar os olhos para a participação dos jovens no mercado e na sociedade. A celebração também lembra a importância do desenvolvimento do senso crítico e da justiça, que deve se manter aflorado desde a juventude até a vida adulta.

Segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) Educação, um em cada cinco jovens brasileiros de 15 a 29 anos não trabalha e nem estuda. Apelidados pelo termo popular “nem-nem”, eles correspondem a 19,8% da parcela da população brasileira — o equivalente a 9,6 milhões de pessoas. Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), nesta sexta-feira (22), chamaram a atenção pelo retrato do panorama educacional da população jovem.

“A realidade e a perspectiva de futuro para essa juventude é preocupante. Precisamos, enquanto sociedade, nos prontificar a fazer mobilizações e oferecer oportunidades para que esses jovens possam ter um espaço e desempenhar papel importante. E isso pode e deve ser feito por meio de incentivo e criação de programas capacitadores”, ressalta Sylvia Bellio, CEO e Co-fundadora da itl.tech — empresa eleita por quatro anos consecutivos o Maior Canal de Vendas Dell Technologies.

Entidade filantrópica criada a partir de série de livros incentiva garotas e utiliza tecnologia para promover mudanças positivas na sociedade.

Pensando em ser agente transformador e ter a possibilidade de mudar — mesmo que em parte — essa realidade, a executiva foi responsável pela inauguração do Instituto TI de Salto, entidade filantrópica criada para capacitar jovens garotas e incentivar a inclusão de gênero no mercado tecnológico.

Com o fornecimento de ferramentas e suporte necessários, por meio da tecnologia e de profissionais que são destaque neste universo, o Instituto TI de Salto quer formar grandes profissionais para a área de tecnologia, ao mesmo tempo que promove a igualdade de gênero e a inclusão.

Segundo Sylvia Bellio, a ideia surgiu a partir da série de livros “TI de Salto”, que traz relatos de mulheres que atuam com tecnologia e áreas correlatas. Nos 4 volumes, é possível conferir novas histórias de executivas e profissionais que fazem parte deste universo e são destaques em grandes empresas, como Microsoft, Google, Dell, Intel, Equinix, entre outras.

“Contamos mais de 90 histórias inspiradoras ao longo desses anos, de mulheres que enfrentaram diversas barreiras e superaram desafios, mulheres que já foram jovens sem apoio e nenhum tipo de suporte. Senti que precisávamos fazer mais”, relata a CEO da itl.tech. Ainda de acordo com a empresária, a entidade prevê ações com profissionais que são referência na indústria tecnológica e, com toda expertise, irão mentorar as jovens.

Uma das propostas do Instituto TI de Salto está no estreitamento de relações com escolas técnicas, universidades e outras entidades com fins inclusivos e complementares para levar o programa de maneira mais eficaz e proporcionar o aumento de profissionais mulheres em TI.

Além disso, Sylvia diz que a entidade pretende contar com a colaboração dos diversos fabricantes e parceiros que apoiaram e patrocinaram as edições dos livros da série. “Ter o apoio dos nossos parceiros é fundamental para impactar positivamente o universo tecnológico, e também, a vida de várias moças que possuem um futuro brilhante pela frente”, afirma.

Bellio sempre demonstrou interesse por causas sociais, principalmente aquelas relacionadas às mulheres. Ela tem papel de destaque no empoderamento feminino no universo da Tecnologia e atua ativamente em grupos e eventos voltados para empreendedoras femininas, além de ser a única mulher a compor o conselho das empresas parceiras da Dell Technologies no Brasil.

Ela diz que o Instituto TI de Salto será uma aposta para o futuro e dará chance para transformar a realidade de várias garotas. Sylvia diz que o projeto irá “inspirar, incentivar e incluir uma nova geração de mulheres, para que estas possam quebrar barreiras e construir um futuro mais equitativo e diversificado no universo tecnológico e em outras áreas”.

Sobre o Instituto TI de Salto

Com a missão de capacitar jovens meninas, fornecendo-lhes as ferramentas, conhecimento e suporte necessários, por meio da tecnologia e de profissionais que são destaque neste universo, o Instituto TI de Salto deseja torná-las profissionais de sucesso neste campo, promovendo a igualdade de gênero e a inclusão no setor de TI.

A entidade filantrópica quer inspirar, incentivar e incluir uma nova geração de mulheres, para que estas possam quebrar barreiras e construir um futuro mais equitativo e diversificado no universo tecnológico e em outras áreas.

CEO e Co-fundadora da itl.tech — empresa eleita por quatro anos consecutivos o Maior Canal de Vendas Dell Technologies. Organizadora do Projeto Conte sua História que tem como objetivo divulgar, compartilhar histórias de mulheres da vida real. O primeiro livro do projeto foi lançado em 2020 – Mulheres Além do Óbvio.

Iniciou a carreira no setor financeiro, atuando como gerente da área administrativa de uma grande Instituição Financeira.

É autora dos livros “Simplificando TI”, “Impressões Digitais” e “TI de Salto”. Com mais de 20 anos de experiência no mercado de Tecnologia. Conduz sua equipe de arquitetos de soluções e executivos de negócios para se posicionarem lado a lado com os profissionais de TI na busca de soluções para resolver os desafios de negócios das empresas.

Introduziu no Brasil fabricantes como: DotHill Systems de armazenamento FC; EqualLogic armazenamento ISCSI; Force10 de networking; Compellent de armazenamento FC|ISCI, entre tantas outras fabricantes.

Tem papel de destaque no empoderamento feminino no universo da Tecnologia.  É a única mulher a compor o conselho das empresas parceiras da Dell Technologies no Brasil. Membro do DWEN Dell Women’s Entrepreneur Network e participante das últimas edições do evento. Integrante do WPN Women Partner Network. Integrante do Female Force Latam.

Leia Mais

Outras Notícias