sábado, maio 25, 2024

Aplicativo PenhaS completa cinco anos e lança Manual de Fuga

Compartilhar

No enfrentamento à violência doméstica, “cada passo importa”. Esse é o mote da campanha de lançamento do Manual de Fuga, nova funcionalidade do PenhaS, aplicativo criado pelo Instituto AzMina com o propósito de informar, proteger e acolher mulheres em situação de violência. A nova função estará disponível, gratuitamente, a partir do dia 8 de março. Para baixar ou atualizar o aplicativo, basta acessar as lojas virtuais Play Store e Apple Store.

Desenvolvido a partir da escuta de mulheres de todo o Brasil, com uma grande diversidade de classes sociais, raças/etnias, crenças e grupo etários, o Manual de Fuga abrange todas as modalidades de violência previstas pela Lei Maria da Penha (física, sexual, psicológica, moral e patrimonial). Nesta fase inicial, a ferramenta automatizada conta com 130 instruções para ajudar a mulher, em situação de violência doméstica, a traçar uma rota de fuga.

Para facilitar as interações, o conteúdo está dividido em cinco tópicos – Itens básicos; Segurança pessoal; Bens e renda; Crianças, adolescentes e dependentes; e passos para fuga (+transporte). As recomendações serão geradas, de forma personalizada, de acordo com o contexto e as necessidades da usuária. As dicas vão desde acionar a polícia, passando pela geração de provas jurídicas, pedido de medida protetiva e consulta aos serviços públicos de rede de apoio à mulher, até decisões mais cotidianas como uma eventual mudança de residência, organização de documentos e da agenda de contatos do celular e como se defender em meio a discussões ou ameaça de agressão, entre outros.

Segundo Marília Moreira, diretora de operações e tecnologia do Instituto AzMina, quando se fala em proteção e rompimento de um ciclo de violência no país, todas as dicas são válidas. “Desde 2019, passamos a compilar relatos de mulheres que conseguiram sair de relacionamentos abusivos. Entendemos que a mulher que convive com o agressor, mais do que ninguém, sabe os riscos que corre. Outro importante aprendizado é que, nesta temática, nada é óbvio, principalmente em momentos de grande estresse”, comenta Marília.

A nova funcionalidade do aplicativo integra os esforços do Instituto AzMina que, desde 2015, se dedica ao combate da crescente violência de gênero no Brasil. Três a cada dez brasileiras já foram vítimas de violência doméstica, de acordo com a última Pesquisa Nacional de Violência contra a Mulher, feita pelo Instituto DataSenado em parceria com o Observatório da Mulher contra a Violência.

“Como a gente diz no slogan dessa campanha de lançamento do Manual de Fuga, ‘Cada passo importa’. Por isso, nos empenhamos em oferecer informações de qualidade e gratuita para ajudar as mulheres a reconhecerem o ciclo de violência. Contudo, o movimento, a decisão e direção é a própria mulher quem dá, entendendo os riscos e o seu momento de vida”, explica Mari Leal, jornalista e gerente do PenhaS.

O Manual de Fuga é uma realização do Instituto AzMina, com financiamento do Numun Fund, e parceria de desenvolvimento de tecnologia do AppCívico.

Leia Mais

Outras Notícias