sábado, maio 25, 2024

IBM se compromete em investir até US$ 45 milhões para adaptação climática

Compartilhar

Alinhada com o SDG 11 das Nações Unidas, a IBM anuncia nesta quarta-feira.6, uma nova solicitação de propostas de organizações governamentais e sem fins lucrativos para o IBM Sustainability Accelerator, focado em projetos orientados à tecnologia para promover cidades resilientes. A IBM também anunciou que vai aumentar o investimento no programa de impacto social pró-bono em até 50%, comprometendo-se a disponibilizar até US$45 milhões em dinheiro e em doações de tecnologia e serviços disponíveis nos próximos cinco anos. O IBM Sustaintability Accelerator aplica a tecnologia IBM, incluindo a plataforma de IA e dados IBM watsonx, para apoiar populações vulneráveis em todo o mundo quanto às ameaças ambientais, com uma nova RFP e sustentabilidade e temática anunciadas a cada ano.

A ONU Habitat prevê que o mundo continuará a urbanizar-se nas próximas três décadas, com aumento de 56% (em 2021) para 68% (em 2050) da parcela de pessoas que vivem em áreas urbanas. Os impactos desproporcionais das alterações climáticas podem desafiar a capacidade de desenvolvimento urbano sustentável e planejamento, à medida que cidades de todo o mundo trabalham para abordar prioridades como os níveis de emissões, a intensificação dos riscos climáticos, a justiça ambiental e muito mais.

“Depois de três anos trabalhando para melhorar vidas e elevar comunidades vulneráveis em todo o mundo, estamos orgulhosos de reconhecer o sucesso do IBM Sustainability Accelerator por fortalecer tanto nosso impacto como nosso investimento no programa”, disse Justina Nixon-Saintil, Vice-presidente e Diretora de Impacto da IBM “Estamos ansiosos para trabalhar com um novo grupo de parceiros para transformar as cidades em que vivemos, e para implantar soluções que aproveitem o potencial da inteligência artificial para construir um futuro mais resiliente.”

Neste ano, o programa introduzirá uma nova colaboração estratégica com a EY para fortalecer a experiência do participante e amplificar o impacto do IBM Sustainability Accelerator. A EY contribuirá para o grupo de cidades resilientes, fornecendo apoio durante o processo de seleção de propostas, coaching de desenvolvimento organizacional das equipes e workshops de capacitação que se basearão no desenvolvimento de liderança e nas oportunidades de mentoria profissional disponíveis para os participantes do programa.

Os critérios de avaliação e seleção para a RFP global considerarão o nível de apoio dos requerentes às comunidades especialmente vulneráveis às ameaças ambientais urbanas; a viabilidade e a sustentabilidade das soluções tecnológicas propostas para a mitigação das mudanças climáticas e a transparência dos requerentes sobre a medição e elaboração de relatórios, entre outras considerações.

Iniciativas sem fins lucrativos e governamentais focadas na resiliência de cidades e na adaptação do clima urbano podem aplicar na RFP a partir de 6 de março de 2024, até o término da janela de submissão, em 30 de abril de 2024. Os participantes selecionados serão anunciados ainda neste ano.

Leia Mais

Outras Notícias