quarta-feira, maio 22, 2024

Semente quer alinhar inovação a projetos de ESG das empresas

Compartilhar

Depois de crescer 20% no último ano e impactar positivamente mais de 3.800 mil empreendedores e empreendedoras, a Semente Negócios, empresa que desenha soluções de inovação que valorizam a vida, quer alinhar a pauta de inovação ao ESG para trazer uma clareza ao mercado para o conceito de “inovação que valoriza a vida”. Durante o ano de 2023, foram 134 projetos executados. A empresa também realizou parcerias com organizações de diferentes portes e segmentos, como iFood, Natura, ADE SAMPA, Mercur, Sebrae RS, Prefeitura de Porto Alegre e Coca-Cola FEMSA.

“O ano de 2023 foi muito marcante para nós. Avançamos muito rapidamente na nossa jornada de transformação digital, focando na criação e implementação de produtos tecnológicos que nos auxiliam a captar dados para desenvolvermos, entre outros elementos, dashboards que facilitam o acompanhamento de projetos e as tomadas de decisão, por exemplo. Essa mudança não apenas modernizou nossas operações, como ampliou nosso alcance e impacto no mercado. Para 2024, a convergência das pautas de impacto, inovação e ESG é o principal foco em todas as nossas frentes de atuação para tangibilizar a ‘inovação que valoriza a vida’”, afirma o CEO da Semente, César Costa.

Outro marco importante de 2023 foi a renovação da diretoria, trazendo novas perspectivas e experiências que se mostraram fundamentais para o crescimento da empresa. Além da mudança de CEO, a Semente também reorganizou suas unidades de negócio, que agora são divididas em três pilares: Educação Empreendedora, com os projetos de empreendedorismo e aceleração dirigidos pela  Semente; Inovação Corporativa, com projetos de consultoria focados em conectar a inovação ao ESG; e o Instituto Cória, com projetos que vão democratizar o acesso ao empreendedorismo inclusivo para que todos e todas possam criar soluções sustentáveis, tendo uma atuação muito forte em periferias.

Os programas voltados à diversidade mantiveram a relevância no trabalho da empresa. “De 7 projetos de empreendedorismo feminino, empreendedorismo periférico e aceleração que desenvolvemos, 44% das pessoas atendidas foram pessoas negras e 91% foram mulheres, distribuídas principalmente pelos estados do MS, SC, ES, MG, RS, SP, AC, RR e AM. Ficamos muito felizes ao perceber que a cada ano que passa esse número aumenta, e que o nosso propósito de valorizar a vida vem sendo cumprido”, relata o CEO da Semente.

Em 2024, a companhia espera aumentar seu faturamento em 40%. “Será um ano de crescimento e consolidação significativos para a Semente. Por meio de um melhor posicionamento das nossas unidades de negócio, vamos fortalecer nossa presença em mercados que já atuamos, e ampliar ainda mais para outros locais. Por fim, antecipo um ano de avanços tecnológicos significativos que vão aprimorar a escalabilidade da empresa, a gestão da nossa rede de pessoas consultoras e especialistas, além da experiência de nossos clientes e beneficiários”, finaliza César Costa.

Leia Mais

Outras Notícias