quarta-feira, maio 22, 2024

Empresas paranaenses migram para o mercado livre de energia

Compartilhar

Com a crescente preocupação com a sustentabilidade e a busca por redução de custos operacionais, diversas empresas paranaenses já migraram para o mercado livre de energia através da 2W Ecobank, nestes primeiros meses de 2024.

Essas parcerias demonstram a importância de investir em fontes de energia renovável para diminuir os impactos negativos causados pelas emissões de CO2 na atmosfera. Além dos benefícios financeiros e ambientais, a utilização de energia renovável também fortalece a imagem da empresa, demonstrando comprometimento com a sustentabilidade e responsabilidade ambiental. Isso pode atrair mais parcerias e investimentos que valorizam práticas de negócios responsáveis.

Além da economia, a 2W se preocupa em garantir que a energia seja 100% renovável e certificada, oferecendo acesso a todo ecossistema de produtos de sustentabilidade que a 2W oferece e que farão com que as empresas rumem ao ESG e alcancem um novo patamar de posicionamento no mercado.

Em fevereiro quem aderiu às práticas sustentáveis da 2W Ecobank foram as empresas Polinova Industria e Comércio de Plásticos, Plastini Termoiplásticos, Hotel Dois Irmãos, Justos & Hauer, todos de Curitiba; Granada Industria e Comércio de Madeiras, de Jaguariaíva; Olaria 4 Estrelas, da cidade de Santa Mônica.

Juntas essas empresas irão economizar cerca de R$ 2 milhões em energia, evitando com isso a emissão de aproximadamente 400 toneladas de CO2 na natureza. A 2W Ecobank deverá ultrapassar no primeiro trimestre de 2024 a marca de 500 clientes/ empresas no mercado livre de energia na região Sul. Já no mês de janeiro, o Supermercado Boni, de Curitiba, também aderiu as práticas sustentáveis que a 2W oferece e irá economizar aproximadamente R$ 827 mil com energia e com isso vai reduzir em 240 toneladas a emissão de CO2 na natureza. Essa redução contribui para a mitigação do aquecimento global e o combate às mudanças climáticas. Já a empresa Incoflex Móveis para Escritório, localizada na cidade de Arapongas, que terá uma economia na conta de luz de aproximadamente R$ 225 mil e com isso evitando a emissão de 86 toneladas de CO2 na natureza. Quem também aderiram ao mercado livre nas últimas semanas no Paraná foi a Padaria Tupi Guarani, localizada em Curitiba.

Ciro Neto, diretor comercial da 2W Ecobank

O diretor Comercial da 2W Ecobank, Ciro Neto, destaca o momento atual do mercado livre de energia no estado: “Estamos democratizando o acesso de pequenas e médias empresas do Paraná e vamos focar nos negócios ligados a energia renovável e novas soluções de sustentabilidade para que possamos acelerar a competitividade do mercado paranaense. Com a crescente preocupação com o meio ambiente e a busca por fontes de energia mais limpas, é fundamental que as empresas estejam atentas às oportunidades que o mercado de energia renovável oferece. Estamos comprometidos em oferecer soluções sustentáveis e inovadoras para nossos clientes, contribuindo para a redução de emissões de carbono e promovendo a transição para uma economia mais verde”.

A 2W Ecobank oferece um pacote de serviços gratuitos, como conta digital para pessoas físicas e jurídicas, e produtos voltados a empresas sustentáveis, que geralmente apresentam melhores condições de contratação (taxas, prazos). A companhia, que é uma das maiores comercializadoras de energia independentes do país, agrega ao portfólio produtos de sustentabilidade, como créditos de carbono e inventário de emissões de gases de efeito estufa. Para clientes que migraram para o mercado livre de energia com a 2W é possível acompanhar consumo de energia e telemetria, pagar a fatura de energia pela plataforma, acompanhar economia em relação ao mercado cativo e adquirir produtos relacionados à sustentabilidade, como totem de carregamento para veículo elétrico, jornada ESG, inventário de carbono, entre outros.

Leia Mais

Outras Notícias