quarta-feira, maio 22, 2024

Brasileira assume diretoria global de marketing e comunicação de multinacional norueguesa

Compartilhar

A mineira Raquel Araujo acaba de assumir o cargo de Head Global de Marketing, Comunicação e Engajamento da norueguesa Scatec, uma empresa de energia renovável com projetos em 22 países, abrangendo plantas solares, eólicas, hídricas e híbrida – solar e armazenamento_, as quais somam 4,3 GW, entre plantas em operação ou em construção. Baseada em Oslo, Raquel será a responsável por coordenar as ações institucionais e de branding da empresa em mercados da África, Américas do Sul e Norte, Ásia, Europa e Oriente Médio.

A profissional está na Scatec há menos de dois anos. Com passagens por importantes empresas mineradoras nacionais e internacionais e tendo atuado como consultora para diversas indústrias no Brasil, Raquel lembra que sua trajetória foi voltada a questões socioambientais, de relações governamentais, com o foco em ESG. Para ela, estar nessa posição hoje, na Scatec, a partir da Noruega, é um privilégio. “O país, assim como o Brasil, é um grande produtor de petróleo, em plena transição energética, buscando novas fontes e tecnologias para atravessarmos com segurança as Mudanças Climáticas que a todos impactarão”, complementa.

Insights no eixo Sul – Norte

A brasileira enxerga uma oportunidade ímpar em trabalhar para uma multinacional voltada à economia verde, a partir da Europa. “Aprender e interagir com os meus colegas noruegueses e de outras nacionalidades ao redor do mundo é de grande valia pessoal e profissional. Por outro lado, acredito que o meu olhar, vindo de um país, como é o Brasil, com reconhecida liderança entre as nações em desenvolvimento, poderá contribuir para oferecer à Scatec alguns insights diferenciados, uma vez que nosso foco de operação é em economias emergentes”, afirma.

G20 e o papel da Noruega

A executiva frisa que o momento atual da Noruega é particularmente rico.  O país foi convidado em dezembro pelo governo brasileiro, que preside temporariamente o G20 em 2024, a participar das discussões do bloco das nações de maior poderio econômico ao longo das mais de 100 reuniões que serão conduzidas no Brasil.

“A Noruega se destaca no cenário internacional por sua abordagem progressista em questões ambientais e sociais. E contribui de maneira significativa para o diálogo internacional sobre políticas econômicas, desenvolvimento sustentável e cooperação global”, lembra ela. Para a executiva, ao convidar a Noruega para participar do G-20, o Brasil busca ampliar o diálogo sobre questões cruciais para o desenvolvimento econômico e social global, sinalizando a sua intenção de promover parcerias que possam impulsionar a busca por uma transição energética justa.  Ela ressalta o apoio ativo que os noruegueses têm dado ao que chama de “engajamento construtivo” de nações comprometidas com valores que promovem a prosperidade comum e a preservação do meio ambiente.

Trajetória multifacetada

Raquel já empreendeu em uma importadora de vinhos e trabalhou na ONU, em Genebra. Também foi Head de Relações Governamentais e Institucionais de um escritório de advocacia. Na Scatec, onde entrou como gerente de comunicação, tem uma ativa participação na defesa da implantação de preceitos de DEIB (sigla que no inglês indica Diversidade, Equidade, Inclusão e Pertencimento). A recém promovida Head global de marketing, comunicação e engajamento tem, ainda, participado de ações com a Câmara Brasil Noruega de Comércio.

Entre os desafios atuais enfrentados por Raquel está o choque cultural de morar em um país com temperaturas que chegam a 20 graus negativos, com intervalos de luz solar restritos a poucas horas por dia durante o inverno. Adaptar-se a um país sem rede de apoio formal com três filhas e trabalho integral também adicionou grau de dificuldade a adaptação, ressalta.

A executiva tem mestrado em Relações Internacionais pela London School of Economics, pós-graduação em negócios internacionais na Fundação Dom Cabral e licenciatura em Direito na Universidade da Borgonha. É, ainda, co-fundadora da SheInC, uma rede de relacionamento entre mulheres C-Level que trabalham pela inclusão de gênero nas esferas mais altas das companhias brasileiras.

Leia Mais

Outras Notícias