quarta-feira, maio 22, 2024

SoftwareOne doa mais de R$ 480 mil e colaboradores apoiam mais de 1.200 instituições sociais em todo o mundo

Compartilhar

Conectar pessoas, processos e sociedade é a essência da cultura da SoftwareOne, líder global em soluções de softwares e tecnologia de nuvem, que tem investido cada vez mais em iniciativas sociais, a fim de devolver à sociedade todas as suas conquistas e gerar impacto social positivo.

Neste sentido, entre as iniciativas da empresa, a nível mundial, destacam-se a doação de 85.400 Francos Suíços, divididos para os cerca de 8.700 colaborares doarem a uma instituição de preferência. Convertidos, os Francos Suíços equivalem a mais de R$ 480 mil. Desta forma, a escolha do local de doação ficou a critério do funcionário, que pôde fazer a sua contribuição como preferiu.

Somadas, a nível global, a SoftwareOne apoiou 1.228 causas, por meio da doação de 85,4 mil CHF (Francos Suíços). Somente no Brasil, foram beneficiadas 69 causas, por meio de 4.068 CHF, que equivalem a mais de R$ 22 mil. Entre as áreas de atuação das instituições beneficiadas em todo o mundo, destacam-se: desenvolvimento da juventude; organizações voluntárias de saúde e disciplinas médicas; serviços humanos, habitação e abrigo; qualidade ambiental; educação; artes e cultura, além de causas animais.

Há ainda outras ações sendo desenvolvidas pela SoftwareOne no Brasil, como os trabalhos do Comitê Colaborativo denominado “Impactando a Sociedade”, cujo objetivo é fomentar o espírito de solidariedade entre os colaboradores, incentivando a experiência com o voluntariado.

De acordo com o Diretor de Recursos Humanos Brasil da SoftwareOne, Eduardo Prazeres, mais do que reunir um grupo de pessoas, o comitê é estruturado de maneira estratégica no país. “Contamos com budget, metas e agenda anual de ações a serem cumpridas. Para isso, o comitê inclui cinco participantes eleitos anualmente, mais um diretor como sponsor”, explica.

Indo de encontro a esta ideia, Prazeres ressalta que, anualmente, são disponibilizados R$12 mil pela companhia, para serem investidos em ações para arrecadações de maiores impactos para à sociedade no Brasil. “Os R$12 mil são multiplicados várias vezes, como no suporte às ONGs. Somente em 2023, algumas das campanhas desenvolvidas pelo comitê incluíram doação de sangue e de agasalhos, MC Dia Feliz, em que foram distribuídos lanches em São Paulo para a Associação Amigos da Cidadania e em Belo Horizonte para o Lar Recanto Feliz, e Dia do Idoso, em que os colaboradores passaram um dia com os moradores da Casa Ondina Lobo em São Paulo”, afirma.

Prazeres relembra que a companhia também arrecadou junto a seus colaboradores, em 2023, R$ 15 mil para o Prêmio Beneficente Cup of Life da Associação Amigos da Cidadania, e mais R$ 2.350 para o Dia das Crianças desta mesma ONG, que tem como objetivo oferecer, a crianças entre 4 e 6 anos, uma série de projetos sociais.

Outras iniciativas como apresentações sobre equidade de gênero, diversidade e inclusão e saúde mental, também foram realizadas na própria empresa no decorrer de 2023, por meio do comitê, preocupado em prover um ambiente cada vez mais saudável aos colaboradores. “Para 2024, os trabalhos para planejamento, estruturação e eleição dos novos projetos e membros participantes do Comitê Impactando a Sociedade já estão em andamento.”, comenta.

Ações relacionadas a qualificação profissional

Prazeres afirma que trabalhar o S do ESG engloba oferecer novas oportunidades e fomentar a qualificação profissional das pessoas. O SOAR (SoftwareOne Academy Returnship), por exemplo, é um projeto desenvolvido pela empresa que busca oferecer oportunidades de reconstrução profissional para indivíduos que tenham experimentado um hiato em suas carreiras, seja por questões de saúde, maternidade ou outros motivos pessoais. “O programa foi estruturado para que, de três a seis meses de contrato da ação, os participantes dediquem aproximadamente 75% do tempo a projetos práticos e 25% para atividades de capacitação em nossa Academia”, conta Prazeres.

Já o programa SoftwareOne Academy busca integrar talentos iniciantes na área de TI, bem como profissionais que estão buscando uma mudança de carreira e desejam ingressar no setor.

Assim, as pessoas selecionadas passam de seis a doze semanas realizando capacitações, tanto em estudos individuais, quanto em grupo, abrangendo um onboarding completo, que inclui treinamentos técnicos, desenvolvimento de habilidades, aprimoramento do idioma inglês e a imersão no propósito e na cultura da companhia. “Nos quase três anos de desenvolvimento do programa, 425 profissionais ingressaram na SoftwareOne, vindos de 20 países”, relata o executivo.

Tanto o SoftwareOne Academy Returnship, quanto o SoftwareOne Academy são projetos globais e estão presentes em toda a América Latina, em países como Brasil, Colômbia, México e Costa Rica.

“Diante desses esforços para desenvolver pessoas e impactar a sociedade, conquistamos um time engajado, uma cultura de alta performance e, consequentemente, mais resultados”, comenta Prazeres. Prova disso é que a SoftwareOne obteve um índice de 90% de satisfação em Employee Experience, um dos seus principais pilares de atenção, juntamente com Cultura de Alta Performance e o Customer Experience.

Segundo Prazeres, fazer toda essa engrenagem rodar de maneira assertiva é justamente o que diferencia a empresa no mercado. “De nada adianta ter um alto índice de Employee Experience, se não existe uma cultura de alta performance, uma vez que ela impacta diretamente no Customer Experience. Ou seja, é a cultura que mantém a efetividade dos outros dois pilares e queremos trabalhá-la cada vez mais junto ao S do ESG”, diz.

Leia Mais

Outras Notícias