quarta-feira, maio 22, 2024

Pirelli: CDP concede máxima classificação na luta contra as mudanças climáticas

Compartilhar

Pelo sexto ano consecutivo, a Pirelli & C. SpA foi uma das líderes globais na luta contra as mudanças climáticas, obtendo um lugar na Lista Climate A elaborada pelo CDP, a organização internacional sem fins lucrativos que reúne, divulga e promove informações sobre questões ambientais.

A classificação “A” é a pontuação mais elevada alcançável na seção de Clima e foi atribuída a apenas 346 empresas das mais de 21 mil participantes, avaliadas com base nas estratégias de descarbonização e efetividade das ações implementadas para reduzir emissões e riscos climáticos e para desenvolver uma economia de baixa emissão de carbono, bem como a integridade e transparência da informação fornecida e a adoção de melhores práticas associadas ao impacto ambiental.

O reconhecimento do CDP confirma o compromisso constante da Pirelli com a sustentabilidade ambiental, conforme evidenciado pelos resultados que superaram as expectativas em comparação com as metas de descarbonização do plano industrial. A Pirelli, entretanto, está estabelecendo novas Metas Baseadas na Ciência para o curto e médio prazo, em linha com seu compromisso com o Net Zero.

Marco Tronchetti Provera, vice-presidente executivo da Pirelli, disse: “Obter o reconhecimento mais importante do CDP na luta contra as mudanças climáticas confirma os resultados concretos, que reforçam a transição sustentável, alcançados pela Pirelli e por toda sua cadeia de valor, também graças às novas tecnologias e ao compromisso constante com a inovação”.

O CDP, cujo objetivo é orientar empresas e governos na redução das emissões de gases de efeito estufa, preservação de recursos hídricos e proteção das florestas, reúne dados sobre impactos, riscos e oportunidades ambientais para uma avaliação independente, aplicando a metodologia com a qual são calculadas as pontuações. A pedido de mais de 740 investidores com mais de 136 trilhões de dólares em ativos, esses dados, em 2023, foram comunicados através da plataforma do CDP pelas companhias envolvidas.

Leia Mais

Outras Notícias